30 de março de 2016

Assinatura de Hergé no livro de visitas da La Compagnie Paquet

Aqui apresentamos a assinatura de Hergé no livro de visitas da La Compagnie Paquet. Hergé é o pseudônimo de Georges Rémi (de 1907 a 1983), cartunista belga que criou o personagem Tintim e autor de Les Aventures de Tintin (As Aventuras de Tintim), série de revistas em quadrinhos. Fundada em 1850 por Zéphirin Paquet, La Compagnie Paquet foi uma das mais bem-sucedidas empresas varejistas de Quebec do século XX. Durante seus 131 anos de operação, a empresa foi administrada por quatro gerações de Paquet e Laurin. Na década de 1950, a companhia empregava mais de 800 pessoas em sua loja em Saint-Joseph Street, no bairro de Saint-Roch, em seu local de transporte e em seus diversos ramos. A empresa vendia um pouco de tudo: tecidos, roupas de cama, roupas e acessórios, móveis, mantimentos, artigos domésticos e assim por diante. Como em outras empresas, La Compagnie Paquet mantinha um livro de visitas para visitantes que participavam de eventos especiais. A presença de Hergé numa sessão de autógrafos, na primavera de 1965, foi sem dúvida um dos eventos mais memoráveis.

Mapa da cidade de Quebec

Plan de la ville de Québec (Mapa da cidade de Quebec) é um mapa desenhado à mão feito em 1727, que mostra a Cidade Alta de Quebec, dentro e fora dos muros da cidade, e a Cidade Baixa, perto da confluência do rio São Lourenço e do rio Saint Charles com suas zonas de entremarés. O mapa traz uma rosa dos ventos como bússola, desenhada sobre o rio São Lourenço, à esquerda, e está orientado com o norte para a direita. O autor foi Gaspard-Joseph Chaussegros de Léry (de 1682 a 1756), que, como engenheiro-chefe do rei, havia sido contratado para desenvolver a cidade e construir fortificações ao seu redor. O mapa mostra uma cidadela futura e um novo muro ao oeste, bem como planos de expansão da Cidade Baixa. A legenda identifica por letras e números as estruturas existentes e as propostas pelo engenheiro, como o castelo e o Forte de Saint-Louis, além das baterias de artilharia Royale, Dauphine e Vaudreuil. O mapa também mostra os redutos Royale, Dauphine e Cap Diamant, a colina de potassa (atual Costa de la Potasse), os armazéns do rei, os armazéns de pólvora, o palácio do intendente, o palácio do bispo, a Catedral de Notre-Dame, a igreja dos recoletos, a escola e igreja jesuíta, o seminário, o mosteiro das ursulinas, e o Hotel-Dieu (hospital) com o mosteiro agostiniano. Também são indicados a igreja na Cidade Baixa (Notre-Dame-des-Victoires), e um local chamado “filles de la congrégation” (que abrigava jovens imigrantes francesas até se casarem), a cidadela proposta, o muro e a fortificação existentes da cidadela e o novo muro proposto. As obras de construção existentes e futuras estão desenhadas com cores distintas, vermelho para as construções existentes e amarelo para as futuras. Fundada em 1608 pelo explorador francês Samuel de Champlain no mesmo local de um forte construído por Jacques Cartier em 1535, a cidade de Quebec se tornou a capital da Nova França. A cidade é uma das mais antigas não apenas do Canadá, mas de toda a América do Norte. É a única cidade norte-americana que conseguiu manter todas as suas fortificações, inclusive seu muro externo. A escala é dada em toises, uma antiga unidade francesa que media aproximadamente 1,95 metros.