7 de outubro de 2014

Fábrica de máquinas a vapor e caldeiraria Penn. Fim da Palmer Street, Kensington, Filadélfia. Reaney, Neafie and Company. Engenheiros, maquinistas, caldeireiros, ferreiros e fundadores

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra navios atracados na frente da fábrica de máquinas a vapor e caldeiraria no fim da Palmer Street no movimentado rio Delaware. Grupos de vários cavalos transportam materiais em carroças em frente à caldeiraria. Operários trabalham nas docas, cais e barcos no complexo. Navios atracados incluem rebocadores, barcos a vapor, vapores de rodas e um veleiro. A empresa foi criada como Reaney, Neafie & Smith em 1844, com Levy tornando-se sócio em 1845, depois da morte de Smith. Ela especializou-se em barcos e máquinas de ferro e mais tarde em carros de bombeiros a vapor. Reaney deixou a sociedade para iniciar seu próprio estaleiro em 1859. Neafie & Levy continuaram em operação até 1907. A empresa tornou-se conhecida como Fábrica de máquinas a vapor e caldeiraria Penn por conta de sua proximidade com o local onde acreditava-se que William Penn havia assinado o tratado com o povo lenape. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

Serraria a vapor, manufatura de cadeiras de luxo e depósito de madeira de Price e Harper, Girard Avenue, entre as ruas Seventh e Eighth, Filadélfia

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra o prédio de tijolos de quatro andares e o depósito de madeira ao lado na Girard Avenue, a oeste da Seventh Street, alugado por Price & Harper. No letreiro na fachada está escrito, “fábrica de cadeiras de luxo, serraria a vapor, serra de arco e vertical, e fundição de ferro”. Grandes pilhas de madeira estão visíveis no pátio, que se estende a oeste em direção a Eighth Street a partir do edifício da fábrica. Um homem conduz um cavalo para fora do pátio, enquanto carroças puxadas por cavalos, algumas puxando madeira, sobem a rua em frente ao prédio. Uma carruagem e um homem e uma mulher vão para o sul na Eighth Street. Um fardo de feno está na calçada perto de um poste e uma carruagem parada em primeiro plano. Price & Harper foram sócios de 1853 a 1855. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

Fábrica de óleo, álcool, fluidos e óleo de pinho de Rowley, Ashburner and Company. Cais Kensington Screw, Penn Street ao norte da Maiden, Filadélfia

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra o cais Kensington Screw na North Penn Street acima da Maiden Street (mais tarde chamada de Laurel Street) a partir do rio Delaware. Construtores navais trabalham no casco de um navio de velas quadradas sobre a doca seca em frente do edifício da empresa. No cais, carroças puxadas por cavalos passam pela fábrica de petróleo e destilaria vizinhas e um capitão, com um cão, se apoia em um poste de amarração ao qual um rebocador está preso. Nas águas agitadas do rio, botes, veleiros e um barco a remo lutam contra as ondas agitadas. A imagem também mostra a fábrica de óleo e a destilaria vizinhas, os ancoradouros ao redor, cais e edifícios que completam a frente ribeirinha. Edward Rowley, Algernon Ashburner e George B. Keen compraram o cais Kensington Screw em 1850. Eles operavam como comissionistas e também comercializavam vários tipos diferentes de óleos, materiais para vernizes, destilados e outras provisões para construtores navais. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

Uma imagem do Point Airy em frente a South Street, Filadélfia

Louis (ou Lewis) Haugg nasceu em 1827 na Alemanha, emigrou para os Estados Unidos em 1847 e trabalhou como artista de litografia e impressão na Filadélfia de 1855 a 1900, aproximadamente. Este anúncio mostra o Hotel Point Airy e o cais operado por David Warren no resort localizado na extremidade sul da Windmill Island, uma área de lazer de verão popular no século XIX antes da remoção da ilha em 1897 para permitir a passagem de navios maiores no Rio Delaware. Árvores cercam o resort. Em primeiro plano uma grande variedade de tráfego fluvial, incluindo balsas, veleiros e barcos a remo atravessam o rio. Um homem vestido com um terno e cartola ajuda a remar em um dos navios. No fundo, barcos a vela e uma balsa podem ser vistos na frente da orla de Nova Jersey. A partir de meados da década de 1850 até a década de 1860, Haugg produziu figurinos, anúncios e certificados. A maioria destas litografias foram impressas por firmas locais conhecidas, e de 1869 a 1879 ele foi sócio do estabelecimento de litografia A.L. Weise & Company. Litografias posteriores de Haugg têm marcas que indicam que ele atuou como litógrafo e impressor, possivelmente com seu próprio estabelecimento.

Cornelius & Baker, 181 Cherry Street, Filadélfia. Manufatura de lâmpadas, luminárias a gás, etc

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra a fábrica de vários andares no quarteirão 800 da Cherry Street. Uma torre e bandeira americana estão no topo do prédio, onde trabalhadores aparecem em algumas das janelas abertas. Vários veículos puxados por cavalos estão indo e vindo, incluindo vagões de entrega e, em primeiro plano, uma carruagem ocupada por três cavalheiros e puxada por dois cavalos agitados que o motorista tenta acalmar. Na esquina, um rapaz com uma lâmpada passa por um poste de luz. Christian Cornelius, um ourives imigrante holandês, fundou a empresa de iluminação Cornelius em 1827, que se tornou a Cornelius, Baker, and Company em 1835. Na década de 1850 ele operou a fábrica ilustrada aqui, outra no quarteirão 500 da Columbia Avenue, e uma loja na 176 Chestnut Street. A empresa começou fabricando luminárias de bronze, mas depois também fez luminárias e esculturas de zinco, algumas das quais foram instaladas no Capitólio dos Estados Unidos. O negócio foi sucedido por Cornelius and Sons and Baker, Arnold and Company em 1869. William Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

William W. Clark, armazém de medicamentos e produtos químicos, 16 North Fifth Street, Filadélfia. Fármacos, medicamentos, produtos químicos, vidros, etc. Tintas, óleo e vidro, medicamentos ingleses, franceses, alemães e do Mediterrâneo

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra o estabelecimento de William Clark, farmacêutico, na 16 North Fifth Street. O letreiro anuncia “Fármacos, tintas, óleo e vidro, medicamentos ingleses, franceses, alemães & do Mediterrâneo”. Através das entradas abertas do negócio, prateleiras com garrafas estão visíveis revestindo as paredes. Um funcionário busca por um dos medicamentos enquanto um cliente entra na loja. Outro funcionário desce para o porão em frente ao prédio. Engradados e barris de elixir, fármacos e tintas marcados com endereços de entrega estão alinhados na calçada em frente a uma carroça puxada por cavalos estacionada na rua. Garrafas, decanatadores, jarros e caixas preenchem a vitrine central e as vitrines superiores. Um modelo grande de um almofariz e pilão é exibido acima das entradas. Clark operou neste endereço de 1839 a 1853. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.