7 de outubro de 2014

Tubos de chumbo aprimorados por patente, folhas de chumbo e tubos de gás de composição, fabricados por Tatham Brothers, escritório 15 Minor Street, Filadélfia, e 249 Water Street, Nova York

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra o complexo industrial em 608 Delaware Avenue (ocupado em 1844) da fábrica de tubos de chumbo estabelecida na Filadélfia em 1841 por George N., Henry B., e William P. Tatham. O escritório de negócios estava na Minor Street. Funcionários trabalham em frente à fábrica industrial e nas docas. O edifício está coberto com letreiros. Homens levantam um barril com um guindaste, guiam carroças puxadas por cavalos para um pátio e por um beco para descarregar, movem tábuas de madeira e borrifam uma mangueira dentro do rio. Tatham & Brothers, uma empresa criada em Nova York em 1838, operou a fábrica da Filadélfia na Delaware Avenue até 1867, aproximadamente. A empresa patenteou um método de pressão hidráulica para produzir tubos em 1841. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

Thomas Minford mercearia no atacado e varejo e depósito de chás, esquina sudeste das ruas Second e Walnut, Filadélfia

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra as instalações da Thos. (Thomas) Minford, uma visão sudoeste da loja de três andares e seus letreiros, no quarteirão 200 da Walnut Street. Na frente da loja, uma cliente busca algo dentro de um saco, um dos vários sacos, caixas e latas exibidos perto da porta aberta. Dentro da loja um casal está perto das fileiras de prateleiras. No primeiro andar, grandes portas de painel abertas expõem a sala forrada com feno, revelando um barril, engradados, caixas de chá e sacos. Vassouras são armazenadas na frente das janelas do segundo andar. Dois senhores conversam na lateral do edifício. Minford alugou o local de 1845 a 1847 e mais tarde mudou-se para Nova York. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

Estabelecimento ocidental de papel de parede, 501 Market Street, Filadélfia

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra a fachada da loja de quatro andares de papéis de parede ocidentais de John Ward, coberta de letreiros, no quarteirão 1300 da Market Street, perto da esquina com a Oak Street. Letreiros anunciam “papéis de parede atacado & varejo” e “pago por trapos”, um lembrete de que trapos de algodão de roupas usadas eram a matéria-prima do melhor papel. Dois fregueses entram na loja enquanto uma senhora sai com um rolo na mão. Duas outras mulheres, uma com uma garota, admiram os papéis de parede expostos nas vitrines, incluindo imagens do edifício do Capitólio, uma cena de gênero romântico e natureza morta. Um homem e um menino passam pelo lado do edifício na Oak Street. Ward alugou o local de 1847 a 1849, aproximadamente. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

Penn Hotel & loja de arreios Denny

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra o edifício que contém o hotel e taberna operados por John Thompson na 329 Market Street e a selaria e loja de arreios de Robert Denny em 327½; Market Street. Arreios e outros apetrechos para cavalos estão pendurados acima das vitrines e entradas da loja, incluindo uma entrada de estábulo marcada como "entretenimento para cavalos". Um homem conduz seu cavalo até a parte de trás e um funcionário da Denny conversa com um cliente ao lado de uma pilha de baús. Um cavalariço cuida de um cavalo na frente da loja de ferragens adjacente, outro cavalo atrelado a uma pequena charrete é cuidado por um homem afro-americano. Os hóspedes do hotel entram no prédio e podem ser vistos através das janelas abertas do primeiro andar. O hotel-taberna e a loja de arreios e selaria funcionaram lado a lado apenas de 1848 a 1849. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.

Filadélfia, do campanário do Congresso ao norte, leste e sul

Esta litografia foi feita por Leo von Elliot (1816 a 1890) após um esboço de Joseph Thoma. Pouco se sabe sobre os dois artistas. A vista panorâmica da Filadélfia em meados do século XIX tem vista para o leste, na direção do rio Delaware, mostrando predominantemente a área leste da Fifth Street entre as ruas Arch e South do Congresso (Salão da Independência). Ela inclui o Tribunal (mais tarde a Câmara Municipal, 500 Chestnut Street) e a Biblioteca da Filadélfia (Library Company of Philadelphia, 105 South Fifth Street). Também é possível ver uma bandeira no topo do Banco dos Estados Unidos (mais tarde o segundo Banco dos Estados Unidos, 420 Chestnut Street), as torres da Igreja de Cristo (22-34 North Second Street) e Igreja de São Pedro (300-340 Pine Street). A impressão também mostra parte do jardim do Congresso; o lado norte do quarteirão 500 da Chestnut Street, incluindo lojas adjuntas alugadas pelo Hotel American (181-83 Chestnut Street); os ateliês de daguerreotipo de S.L. Simons (179 Chestnut Street); Pantechnethica de George Earle (175 Chestnut Street); Salão de exposição de móveis de George J. Henkels (173 Chestnut Street); e uma loja de roupas no canto noroeste das ruas Fifth e Chestnut. Também é possível ver os telhados (incluindo pessoas nos telhados) de vários dos quarteirões circundantes, e alguns pedestres e uma carruagem puxada por cavalos na Chestnut Street. Veleiros e um barco a vapor estão visíveis à distância no rio Delaware, junto com o horizonte de Camden, Nova Jersey.

Melloy & Ford, manufatura de artigos de estanho por atacado

William H. Rease, nascido na Pensilvânia por volta de 1818, foi o litógrafo de impressões de publicidade mais prolífico da Filadélfia durante a década de 1840 e 1850. Este anúncio mostra a fábrica operada por John M. Melloy e Robert Ford na 291 Market Street (mais tarde numerada como 723). Ele promove os “preços mais baixos”, “vendas rápidas & pequenos lucros” e “cobertura metálica”. Os vários letreiros e propagandas de produtos do edifício incluem um modelo em grande escala de um bule e exposições proeminentes de artigos de estanho na vitrine, nas prateleiras e ao lado da porta. Na frente da loja, um casal passeia e dois trabalhadores levantam uma caixa em uma carroça puxada por um cavalo, enquanto uma cliente entra na loja. Um mascate afro-americano com bandeja e sino passa por uma linha de caixas na calçada. Funileiros trabalham perto das janelas do segundo andar. Melloy & Ford fizeram negócios juntos de 1849 a 1861, quando Melloy começou uma parceria com Isaac Smith no mesmo endereço. Rease tornou-se ativo em seu negócio por volta de 1844, e durante dos anos 1850 ele trabalhou principalmente com os impressores Frederick Kuhl e Wagner & McGuigan na produção de impressões de publicidade conhecidas por seus retratos de detalhes humanos. Embora Rease tenha colaborado com outros litógrafos muitas vezes, em 1850 ele criou no Diretório de Empresas de O'Brien seu próprio estabelecimento na 17 South Fifth Street, acima da Chestnut Street. Em 1855, ele transferiu seu estabelecimento para a esquina nordeste das ruas Fourth e Chestnut (depois de uma parceria com Francis Schell que durou aproximadamente de 1853 a 1855), onde, além de impressões de publicidade, ele produziu certificados, imagens, mapas e gravuras marítimas.