12 de fevereiro de 2013

Torun'. Povoado

Esta imagem faz parte de um álbum, provavelmente publicado por volta de 1920, que contém 20 fotografias de cenas em Rutênia dos Cárpatos, uma região montanhosa, em que grande parte pertencia à Áustria-Hungria antes da Primeira Guerra Mundial, mas que se tornou parte do novo estado da Tchecoslováquia em 1919. Atualmente, a maior parte dela forma o Oblast da Transcarpátia na Ucrânia ocidental, com partes menores na Eslováquia e Polônia. Esta imagem de povoado mostra a vila de Torun`, no Distrito de Mizhhiria, na Rutênia dos Cárpatos oriental. Tanto as casas como as igrejas têm telhados com acentuada inclinação com um beiral para proteger as paredes do inverno nas montanhas.

Doleshnaia Apsha. Povoado

Esta imagem faz parte de um álbum, provavelmente publicado por volta de 1920, que contém 20 fotografias de cenas em Rutênia dos Cárpatos, uma região montanhosa, em que grande parte pertencia à Áustria-Hungria antes da Primeira Guerra Mundial, mas que se tornou parte do novo estado da Tchecoslováquia em 1919. Atualmente, a maior parte dela forma o Oblast da Transcarpátia na Ucrânia ocidental, com partes menores na Eslováquia e Polônia. Esta cena pastoral mostra Dolní Apša (Parte Baixa de Apsha), onde os moradores se encontram na rua do povoado e a igreja é vista em uma colina ao fundo.

Doleshnaia Apsha. Igreja em madeira

Esta imagem faz parte de um álbum, provavelmente publicado por volta de 1920, que contém 20 fotografias de cenas em Rutênia dos Cárpatos, uma região montanhosa, em que grande parte pertencia à Áustria-Hungria antes da Primeira Guerra Mundial, mas que se tornou parte do novo estado da Tchecoslováquia em 1919. Atualmente, a maior parte dela forma o Oblast da Transcarpátia na Ucrânia ocidental, com partes menores na Eslováquia e Polônia. É mostrada aqui a igreja de madeira em Dolní Apša (Parte baixa de Apsha), que surge em uma colina acima do povoado. O elegante pináculo acima da torre quadrada foi incluído posteriormente, feito quando a igreja foi renovada no século XVIII.

Repenie. Igreja em madeira

Esta imagem faz parte de um álbum, provavelmente publicado por volta de 1920, que contém 20 fotografias de cenas em Rutênia dos Cárpatos, uma região montanhosa, em que grande parte pertencia à Áustria-Hungria antes da Primeira Guerra Mundial, mas que se tornou parte do novo estado da Tchecoslováquia em 1919. Atualmente, a maior parte dela forma o Oblast da Transcarpátia na Ucrânia ocidental, com partes menores na Eslováquia e Polônia. Aqui é mostrada a igreja de madeira em Repenie (também conhecida como Repinne), no Distrito de Mizhhiria, Rutênia dos Cárpatos oriental. A torre alta com um telhado duplo em forma de tenda é típico das igrejas mais antigas da região.

Maidanka. Igreja em madeira

Esta imagem faz parte de um álbum, provavelmente publicado por volta de 1920, que contém 20 fotografias de cenas em Rutênia dos Cárpatos, uma região montanhosa, em que grande parte pertencia à Áustria-Hungria antes da Primeira Guerra Mundial, mas que se tornou parte do novo estado da Tchecoslováquia em 1919. Atualmente, a maior parte dela forma o Oblast da Transcarpátia na Ucrânia ocidental, com partes menores na Eslováquia e Polônia. A igreja de madeira no povoado de Majdanka tem um telhado com acentuada inclinação e com beiral, como a maioria das igrejas nas Montanhas dos Cárpatos, que a protege contra o pior do inverno e fornece abrigo adicional aos fiéis quando a igreja está lotada. O povoado (conhecido atualmente como Majdan, Maydan ou Maidan) está localizado na parte oriental da Rutênia dos Cárpatos.

Uzhchora. Povoado

Esta imagem faz parte de um álbum, provavelmente publicado por volta de 1920, que contém 20 fotografias de cenas em Rutênia dos Cárpatos, uma região montanhosa, em que grande parte pertencia à Áustria-Hungria antes da Primeira Guerra Mundial, mas que se tornou parte do novo estado da Tchecoslováquia em 1919. Atualmente, a maior parte dela forma o Oblast da Transcarpátia na Ucrânia ocidental, com partes menores na Eslováquia e Polônia. Aqui é mostrado o povoado de Uzhchora (atualmente, Ust-Chorna), abrangendo as laterais de um vale nas montanhas e envolto em nuvens. O povoado era conhecido como Königsfeld. Acredita-se que o nome original em alemão pode estar vinculado a alguns dos primeiros colonos que vieram da região de Salzkammergut, na Áustria.