A Estrelas Importantes Entre a Imensidão dos Céus

Timbuktu, fundada em torno de 1100 como centro comercial de negócios no deserto do Saara, foi também uma importante sede de aprendizagem islâmica, do século XIV em diante. As bibliotecas de Timbuktu contêm muitos manuscritos importantes, em diferentes estilos de escrita árabe, que foram escritos e copiados por escribas  e acadêmicos de Timbuktu . Estas obras constituem a mais famosa e duradoura contribuição da cidade às civilizações islâmica e mundial. Este texto do início do século XVIII foi escrito visando o treinamento de estudiosos no campo da astronomia, uma ciência que a tradição islâmica diz remontar a Adão e ao profeta Idris. O autor discute, entre vários outros aspectos da astronomia, como usar os movimentos das estrelas para fazer o cálculo do início das estações do ano. Ele também descreve como fazer previsões de horóscopos. O trabalho inclui um diagrama que representa a rotação dos céus.

Venezuela com a parte sul de Nova Andaluzia

Henricus Hondius (1597-1651),foi o filho de Jodocus Hondius (1563-1612), um gravador e cartógrafo flamengo que se instalou em Amsterdam por volta de 1593 criando uma empresa que produziu os primeiros grandes globos e mapas do mundo. Em 1604, Hondius adquiriu as placas do atlas do mundo de Mercator e, em 1606, publicou uma nova edição desta famosa obra. Após a morte de Hondius em 1612, Henricus e seu irmão Jodocus deram continuidade aos negócios da família. Com seu cunhado Johann Jansson, Henricus continuou a publicação do que ficou conhecido como o Atlas Mercator-Hondius. Neste mapa aparecem Venezuela e Nova Andaluzia, as províncias separadas do Império Espanhol que compõem uma grande parte do território da Venezuela nos dias de hoje. O mapa está em latim, com os nomes dos locais em espanhol. Aparece no lado direito do mapa o Rio Orinoco e a Ilha de Trindade.

Bateristas Nativos

Esta fotografia do Haiti mostra dois tocadores de tambor tocando em tambores ricamente decorados. A fotografia é da coleção da Biblioteca Comemorativa de Colombo da Organização dos Estados Americanos (OEA), que inclui 45,000 fotografias ilustrativas da vida e da cultura nas Américas. Muitas das fotografias foram tiradas por importantes fotógrafos em missões aos países membros da OEA. A OEA foi fundada em Abril de 1948 por 21 nações do hemisfério ocidental, que adotaram um estatuto reafirmando seu compromisso com objetivos comuns e o respeito pela soberania de cada um. Desde então, a OEA se expandiu incluindo as nações do Caribe de língua Inglesa bem como o Canadá. A organização que antecedeu a OEA foi a União Pan-Americana, fundada em 1910, que por sua vez, se originou da União Internacional das Repúblicas Americanas, estabelecida durante a Primeira Conferência Internacional dos Estados Americanos em 1889-90.

Criação do Quinto Festival do Sol

A criação do quinto sol é um elemento importante da mitologia Azteca sobre as origens do mundo. Esta fotografia do Méxido de um festival que celebra a criação do quinto sol mostra músicos em fantasias vestindo adereços típicos para cabeça . A fotografia é da coleção da Biblioteca Comemorativa de Colombo da Organização dos Estados Americanos (OEA), que inclui 45,000 fotografias ilustrativas da vida e da cultura nas Américas. Muitas das fotografias foram tiradas por importantes fotógrafos em missões aos países membros da OEA. A OEA foi fundada em Abril de 1948 por 21 nações do hemisfério ocidental, que adotaram um estatuto reafirmando seu compromisso com objetivos comuns e o respeito pela soberania de cada um. Desde então, a OEA se expandiu incluindo as nações do Caribe de língua Inglesa bem como o Canadá. A organização que antecedeu a OEA foi a União Pan-Americana, fundada em 1910, que por sua vez se originou da União Internacional das Repúblicas Americanas, estabelecida durante a Primeira Conferência Internacional dos Estados Americanos em 1889-90.

Sinal Aucaner em Apintie

Esta fotografia de Suriname mostra um Maroon numa posição sentada batendo um apintie, um tambor feito de madeira e pele de javali selvagem. Maroon se refere a escravos fugitivos das Índias Ocidentais e da parte norte da Sul América, e seus descendentes. A comunidade Maroon era especialmente numerosa no Suriname, uma antiga colônia Holandesa nas quais muitos escravos conseguiram escapar na selva. A fotografia é da coleção da Biblioteca Comemorativa de Colombo, da Organização dos Estados Americanos (OEA), que inclui 45,000 fotografias ilustrativas da vida e da cultura nas Américas. Muitas das fotografias foram tiradas por importantes fotógrafos em missões aos países membros da OEA. A OEA foi fundada em Abril de 1948 por 21 nações do hemisfério ocidental, que adotaram um estatuto reafirmando seu compromisso com objetivos comuns e o respeito pela soberania de cada um. Desde então, a OEA se expandiu incluindo as nações do Caribe de língua Inglesa bem como o Canadá. A organização que antecedeu a OEA foi a União Pan-Americana, fundada em 1910, que por sua vez se originou da União Internacional das Repúblicas Americanas, estabelecida durante a Primeira Conferência Internacional dos Estados Americanos em 1889-90.

O estilo de dança dos nobres dançarinos astecas

O Códice Tovar, atribuído ao jesuíta mexicano Juan de Tovar do século XVI, contém informações detalhadas sobre os ritos e cerimônias dos astecas (também conhecidos como mexicas). O códice é ilustrado com 51 pinturas de página inteira em aquarela. Fortemente influenciado por manuscritos pictográficos do período pré-contato, as pinturas são de qualidade artística excepcional. O manuscrito está dividido em três seções. A primeira seção é uma história das viagens dos astecas antes da chegada dos espanhóis. A segunda seção, uma história ilustrada dos astecas, compõe o corpo principal do manuscrito. A terceira seção contém o calendário Tovar. Esta ilustração da segunda seção retrata uma dança de nobres. Dois tocadores de tambor ao centro vestem as dragonas com penas vistas nos retratos do imperador Moctezuma I e do imperador Moctezuma II. À direita dos tocadores estão o alto sacerdote, usando uma tilma (manto) com a imagem do sol, e os soldados que representam as castas militares do jaguar e da águia. Os elementos decorativos incluem ornamentos com penas. A dança mostrada era possivelmente para o festival de Toxcatl, realizado durante o mês dedicado a Tezcatlipoca, o deus do céu noturno e da memória. Os tocadores usam o teponaxtli (tambor de madeira) e o ueuetl (tambor com uma membrana). Os nobres usam tilma ou um maxtlatl (tanga) mais simples.