15 de julho de 2011

Província de Perm

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Perm, situada na parte ocidental do império. Perm', o centro administrativo da província, está situada às margens do rio Kama, abaixo de sua confluência com o rio Chusovaia. A carta indica que a distância de Perm’ até São Petersburgo é 1,911½ verstas, e de Perm’ até Moscou, 1,395¾ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Tavrich

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Tavrich, parte da atual Ucrânia. Banhada pelo Mar de Azov e o Mar Negro, a província ficava localizada em território anexado pela Rússia desde o Canato da Criméia em 1783. Simferopol', o centro administrativo da província, está situado às margens do rio Salhir. A carta indica que a distância de Simferopol' até São Petersburgo é 2,068¾ verstas, e de Simferopol' até Moscou, 1,505½ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Kaluga

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Kaluga, situada na parte ocidental do império. A província foi palco de uma série de batalhas entre os exércitos francês e russo durante a invasão da Rússia por Napoleão, em 1812. O centro administrativo da província era Kaluga, uma cidade pequena situada às margens do rio Oka. A carta indica que a distância de Kaluga até São Petersburgo é de 887¼ verstas, e de Kaluga para Moscou, 167½ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Kazan

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província Kazan, situada na parte sudoeste do império. Kazan’, situada às margens do rio Volga, era o centro administrativo da província. Kazan foi tomada da Horda de Ouro, o Khanate mongol, por Ivan IV (o Terrível ") em 1552. A carta indica que a distância de Kazan' até São Petersburgo é de 1,541½ verstas, e de Kazan' para Moscou, 821¾ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Bessarabia

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província Bessarabia, situada na parte sudoeste do império, no território anexado do Império Otomano pela Rússia em 1812. Kishinev (Chişinău, em romeno), era o centro administrativo da província, sendo a capital da atual Moldávia. A carta indica que a distância de Kishinev até São Petersburgo é de 1,692½ verstas, e de Kishinev para Moscou, 1,425¼ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Simbir

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Simbir, situada na parte ocidental do império. Simbirsk (Ulianovsk atual), o centro administrativo da província, está situada às margens do rio Volga. Foi fundada em 1648, como uma fortaleza para defender a fronteira sul da Rússia. A carta indica que a distância de Simbirsk até São Petersburgo é de 1,472½ verstas, e de Simbirsk para Moscou, 753 verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.