15 de julho de 2011

Província de Poltava

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata Província de Poltava, criada em 1802, e localizada em parte da atual Ucrânia. Poltava foi o centro administrativo da província, e é uma das mais antigas cidades da Ucrânia. A carta indica que a distância de Poltava até São Petersburgo é de 1,463½ verstas, e de Poltava para Moscou, 850¼ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Grodno

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Grodno, situada na parte ocidental do império, na atual Bielorrússia. Para o sudoeste, a província faz fronteira com o Reino da Polônia, que era então um protetorado do Império Russo. A Rússia adquiriu o território da província de Grodno após a terceira partilha da Polônia em 1795. Grodno (Hrodna, em bielorusso), o centro administrativo, está situado às margens do rio Neman (Nyoman, em bielorrusso). A carta indica que a distância de Grodno até São Petersburgo é de 990 verstas, e de Grodno para Moscou, 1,033½ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

O Império Russo - região de Kamchatka

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a região de Kamchatka, localizada na parte mais oriental do império, entre os mares de Okhotsk e Kamchatka (atual Mar de Bering). A região inclui as ilhas Curilas, fazendo fronteira com o território japonês no sul, e os "Bering ou Komadorskii" e ilhas Mednii no leste. Os russos começaram a explorar Kamchatka depois de terem atingido a costa do Oceano Pacífico em 1639. Petropavlovskii Port, situado no mar de Kamchatka, foi o centro administrativo da região. A carta indica que a distância de Petropavlovskii Port até São Petersburgo é de 12,519 verstas, e de Petropavlovskii Port até Moscou, 12,003¼ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Vilnius

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Vilnius , parte da atual Lituânia. A Rússia adquiriu o território da província de Vilnius após a terceira partilha da Polônia em 1795. Vil'no (atual Vilnius), o centro administrativo da província e capital da atual Lituânia, está situada às margens do rio Vilnia. A carta indica que a distância de Vil'no até São Petersburgo é de 789 verstas, e de Vil'no para Moscou, 875¾ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Viatka

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Viatka, localizada na parte ocidental do império. Viatka (atual Kirov), o centro administrativo da província, está situada às margens do rio Viatka. Foi fundada em 1181 pelos comerciantes de Novgorod. A carta indica que a distância de Viatka até São Petersburgo é de 1,431¾ verstas, e de Viatka para Moscou, 931½ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.

Província de Voronezh

Esta carta de baralho do início do século 19, é parte de um conjunto de 60 cartas, cada uma dedicada a uma província ou território diferente do Império Russo, que na época incluía o Grão-Ducado da Finlândia, Congresso da Polônia, e América Russa. Um lado de cada carta mostra o traje local e o brasão da província, o outro lado contém um mapa. Esta carta retrata a província de Voronezh, situada na parte ocidental do império. Voronezh, o centro administrativo da província, está situada às margens do rio Voronezh, acima de sua confluência com o Don. Voronezh foi fundada em 1586, como uma fortaleza. A carta indica que a distância de Voronezh até São Petersburgo é de 1,220½ verstas, e de Voronezh para Moscou, 500¾ verstas. As distâncias são mostradas em verstas, uma medida russa, hoje não mais utilizada, equivalente a 1,0668 km.