6 de dezembro de 2011

Província de Ekaterinoslav

Este cartão é um dos exemplares de uma série de 82 cartões ilustrados, um para cada província do Império Russo, conforme existiam em 1856. Cada cartão apresenta um panorama da cultura, história, economia e geografia de uma determinada província. A frente do cartão retrata características distintas, tais como: rios, montanhas, cidades e indústrias principais. O verso de cada cartão contém um mapa da província, a sede da província, informações sobre a população e os trajes locais dos habitantes . A Província de Ekaterinoslav, retratada neste cartão, fica na atual Ucrânia.

Mapa Econômico de Yakutsk Oblast

Este mapa econômico da era soviética da República Socialista Soviética Autônoma de Yakut é de um atlas, ASSR Yakutia : Atlas, Yakutia Socialista . Ele mostra seis diferentes setores econômicos desta vasta região da Sibéria. São representados no mapa centros de produção de máquinas, electricidade e gêneros alimentícios, além de indústrias extrativas que produzem carvão, gás natural, ouro, mica, sal, materiais de construção e diamantes. O desenvolvimento da indústria de mineração em Yakutia, que começou na década de 1960, trouxe um afluxo de migrantes provenientes da Rússia européia e de outras repúblicas eslavas da União Soviética, além de uma mudança na composição étnica da população. A proporção de Yakuts no total da população da república caiu de 90 por cento em 1920 para 43 por cento em 1970, 36,6 por cento em 1979, e 33,4 por cento em 1989. Após a ruptura da União Soviética, contudo, a república experimentou um forte êxodo de eslavos e uma reviravolta nestas tendências. Em 1990, a Yakutia mudou seu nome para República de Sakha.

Emigrantes [isto é, Imigrantes] Desembarque na Ilha Ellis

A ilha de Ellis foi a porta de entrada para a vida americana para milhões de imigrantes de 1892 a 1954. Este filme, feito pelo prolífico cineasta, escritor, produtor e diretor Alfred C. Abadie, foi uma produção da Edison Manufacturing Company , de Thomas A. Edison. Listado em um catálogo contemporâneo da empresa sob o título "Desembarque de Emigrantes na Ilha Ellis", com a descrição: "Mostra uma enorme barcaça aberta, lotada de pessoas de todas as nacionalidades, que acabaram de chegar da Europa, desembarcando na Ilha Ellis, NY" O filme inicia com uma imagem da balsa William Myers, lotada de passageiros, aproximando-se da  estação de imigração . A embarcação está ancorada, o passadiço está colocado e os passageiros são vistos subindo as escadas. O filme não mostra a próxima etapa do processo que os recém-chegados teriam que enfrentar. Candidatos eram interrogados, muitas vezes por funcionários que não sabiam falar a língua destes, e submetidos a exames médicos. Muitos eram isolados em quarentena ou impedidos de entrar após cadastrados como doentes ou "potenciais ônus para o Estado."

Imitando os Combates Romanos

A Coleção Thereza Christina Maria é composta por 21.742 fotografias, reunidas pelo Imperador Pedro II e por ele doadas à Biblioteca Nacional do Brasil. A coleção abrange uma ampla variedade de temas. Documenta as conquistas do Brasil e do povo brasileiro no século XIX, e também inclui muitas fotografias da Europa, África e da América do Norte. Esta fotografia de três homens brasileiros imitando lutadores romanos foi tirada no Ceará, entre 1898 e 1909, pelo fotógrafo Miguel de Moura, sobre o qual muito pouco se sabe.

Província de Enisei

Este cartão é um dos exemplares de uma série de 82 cartões ilustrados, um para cada província do Império Russo, conforme existiam em 1856. Cada cartão apresenta um panorama da cultura, história, economia e geografia de uma determinada província. A frente do cartão retrata características distintas, tais como: rios, montanhas, cidades e indústrias principais. O verso de cada cartão contém um mapa da província, a sede da província, informações sobre a população e os trajes locais dos habitantes .

O Novo Testamento em baixo sorábio de Miklawuš Jakubica, 1548

Este manuscrito de 669 páginas contém a tradução completa do Novo Testamento para o baixo sorábio feita pelo pastor Miklawuš Jakubica. Ele é um dos mais importantes documentos culturais relacionados ao povo sorábio do leste da Alemanha e uma importante fonte para o estudo das línguas eslavas ocidentais. Concluída em 1548, a tradução de Jakubica, que inclui inúmeras ilustrações coloridas de flores, árvores e animais, nunca foi impressa. Como base para a sua tradução, Jakubica utilizou a tradução da Bíblia para o alemão de Martinho Lutero, bem como a Vulgata e os modelos tchecos. A obra é na verdade a primeira tradução da Bíblia de Lutero para outro idioma. Jakubica usou o dialeto de Sorau, uma cidade ao sul de Brandemburgo, e inspirou-se em palavras em tcheco e alto sorábio em sua tentativa de criar uma linguagem eclesiástica escrita comum a todos os sorábios. Baixo sorábio e alto sorábio são línguas eslavas ocidentais, relacionadas com o polonês e o tcheco, que são faladas pelos sorábios, povo minoritário reconhecido da Alemanha.