23 de dezembro de 2011

A Terra, conforme vista pelos astronautas Eugene Cerna, Ronald Evans e Harrison Schmidt da Apollo 17

A missão Apolo XVII, que ocorreu no período de 7 a 19 de Dezembro de 1972, foi a última das missões para a lua realizada no final dos anos 60 e início dos anos 70 pela Nasa. Agência Nacional Aeronáutica e do Espaço (NASA). Astronautas Eugene A. Cernan, Ronald B. Evans, e Harrison H. Schmitt realizaram a missão, que durou 12 dias, 13 horas, e 52 minutos e incluia uma estadia de 75 horas na superfície lunar. O local do desembarque na lua era as terras altas e a área do vale de Taurus-Litrow  (20º 16’ latitude norte, 30º 77’ leste de longitude). A missão recolheu 110,4 kg de material lunar e estabeleceu a sexta estação automática de pesquisa da Nasa. Esta fotografia mostra a terra da forma como teria aparecido aos astronautas durante sua jornada de volta para casa.

Mugan. Algodão

No começo do século XX, o fotógrafo russo Sergei Mikhailovich Prokudin-Gorskii (1863-1944), usou um processo especial de fotografia colorida para criar um registro visual do Império Russo. Algumas fotografias de Prokudin-Gorskii datam de 1905, mas a maior parte de seu trabalho é do período entre 1909 e 1915 quando, com o apoio do Czar Nicolau II e do Ministério dos Transportes, ele empreendeu extensas viagens por muitas partes diferentes do império.

Mugan. Família de Colonos. Assentamento de Grafovka

No começo do século XX, o fotógrafo russo Sergei Mikhailovich Prokudin-Gorskii (1863-1944), usou um processo especial de fotografia colorida para criar um registro visual do Império Russo. Algumas fotografias de Prokudin-Gorskii datam de 1905, mas a maior parte de seu trabalho é do período entre 1909 e 1915 quando, com o apoio do Czar Nicolau II e do Ministério dos Transportes, ele empreendeu extensas viagens por muitas partes diferentes do império.

Mugan. Assentamento de Petropavlovskoe. Uma Rua (Setenta e Sete Famílias)

No começo do século XX, o fotógrafo russo Sergei Mikhailovich Prokudin-Gorskii (1863-1944), usou um processo especial de fotografia colorida para criar um registro visual do Império Russo. Algumas fotografias de Prokudin-Gorskii datam de 1905, mas a maior parte de seu trabalho é do período entre 1909 e 1915 quando, com o apoio do Czar Nicolau II e do Ministério dos Transportes, ele empreendeu extensas viagens por muitas partes diferentes do império.

Vitebsk. Parte da Cidade com o Duína Ocidental

No começo do século XX, o fotógrafo russo Sergei Mikhailovich Prokudin-Gorskii (1863-1944), usou um processo especial de fotografia colorida para criar um registro visual do Império Russo. Algumas fotografias de Prokudin-Gorskii datam de 1905, mas a maior parte de seu trabalho é do período entre 1909 e 1915 quando, com o apoio do Czar Nicolau II e do Ministério dos Transportes, ele empreendeu extensas viagens por muitas partes diferentes do império.

Vitebsk. Visão Geral da Parte Meridional da Cidade

No começo do século XX, o fotógrafo russo Sergei Mikhailovich Prokudin-Gorskii (1863-1944), usou um processo especial de fotografia colorida para criar um registro visual do Império Russo. Algumas fotografias de Prokudin-Gorskii datam de 1905, mas a maior parte de seu trabalho é do período entre 1909 e 1915 quando, com o apoio do Czar Nicolau II e do Ministério dos Transportes, ele empreendeu extensas viagens por muitas partes diferentes do império.