23 de dezembro de 2011

Constituição dos Estados Unidos

A Convenção Federal reuniu-se na Casa de Estado (Hall da Independência), em Filadélfia, em 14 de maio de 1787 para revisar os Artigos da Confederação. Em virtude de estarem presentes, inicialmente, as delegações de apenas dois estados, os membros suspenderam os trabalhos, dia após dia, até que fosse atingido o quórum de sete estados em 25 de maio. Através de discussões e debates ficou claro, em meados de junho que, em vez de alterar os atuais artigos da Confederação, a convenção deveria elaborar uma estrutura inteiramente nova para o governo. Ao longo de todo o verão, os delegados debateram, elaboraram e reelaboraram os artigos da nova Constituição em sessões fechadas. Entre os principais pontos em questão estavam o grau de poder permitido ao governo central, o número de representantes no Congresso para cada Estado, e como estes representantes deveriam ser eleitos - diretamente pelo povo ou pelos legisladores do estado. A Constituição foi o trabalho de muitas mentes e permanece como um modelo de cooperação entre lideranças políticas e da arte da condescendência.

Affidavit de Louie Young declarando ser ele o pai de Louie Jock Sung, e depoimento de testemunhas não-chinesas (documentos registrados na cidade de Nova Iorque)

Na primavera de 1882, o Ato de Exclusão Chinesa foi aprovado pelo Congresso e assinado pelo Presidente Chester A. Arthur. Este decreto concedeu uma moratória absoluta de dez anos sobre a imigração  de trabalhadores chineses. Pela primeira vez, uma lei federal proibia a entrada de um grupo étnico sob a premissa de que a imigração colocava em perigo a boa ordem de determinadas localidades. A aprovação do decreto marcou o auge de várias décadas de crescente hostilidade aos imigrantes chineses nos Estados Unidos, a qual era alimentada pela competição por trabalho e pela animosidade racial. Estes documentos, dos registros do Serviço de Imigração e Naturalização dos Estados Unidos, foram apresentados em apoio a um pedido de Louie Young, membro de uma firma em Mott Street, na cidade de Nova Iorque, para trazer seu filho da China para os Estados Unidos.

Vista do Vale do Rio, Monumento Nacional 'Canyon de Chelly', Arizona (Orientação Vertical), por Ansel Adams

Em 1941, o Serviço de Parques Nacionais dos Estados Unidos contratou o famoso fotógrafo Ansel Adams (1902-84) para criar um mural fotográfico para o prédio do Departamento do Interior, em Washington, DC. O tema seria a natureza como exemplificada e protegida pelos parques nacionais e monumentos nacionais dos Estados Unidos. O projeto foi interrompido por causa da Segunda Guerra Mundial, e nunca mais foi retomado. O acervo da Agência de Fotografia dos Arquivos Nacionais dos Estados Unidos inclui 226 fotografias tiradas para este projeto, a maioria delas assinadas e legendadas por Adams. As fotografias do Parque Nacional Kings Canyon foram tiradas em 1936, quando a criação do parque estava sendo proposta e foram adicionadas por Adams ao projeto do mural . A única fotografia de Yosemite foi um presente de Adams ao chefe do Serviço de Parques Nacionais (National Park Service), Horace Albright, em 1933. Aqui, uma vista do Monumento Nacional Canyon de Chelly, no Arizona, criado em 1931 pelo presidente Herbert Hoover após aprovação pelo Congresso e pelo Conselho Tribal da Nação Navajo. O Canyon de Chelly está inteiramente localizado em terras tribais fiduciais dos Navajo e continua abrigando essa comunidade.

Olhando as Montanhas do Outro Lado do Lago, "Anoitecer, Lago McDonald, Parque Nacional Glacier", Montana, por Ansel Adams

Em 1941, o Serviço de Parques Nacionais dos Estados Unidos contratou o famoso fotógrafo Ansel Adams (1902-84) para criar um mural fotográfico para o prédio do Departamento do Interior, em Washington, DC. O tema seria a natureza como exemplificada e protegida pelos parques nacionais e monumentos nacionais dos Estados Unidos. O projeto foi interrompido por causa da Segunda Guerra Mundial, e nunca mais foi retomado. O acervo da Agência de Fotografia dos Arquivos Nacionais dos Estados Unidos inclui 226 fotografias tiradas para este projeto, a maioria delas assinadas e legendadas por Adams. As fotografias do Parque Nacional Kings Canyon foram tiradas em 1936, quando a criação do parque estava sendo proposta e foram adicionadas por Adams ao projeto do mural . A única fotografia de Yosemite foi um presente de Adams ao chefe do Serviço de Parques Nacionais (National Park Service), Horace Albright, em 1933. Aqui, uma vista do Parque Nacional Glacier, criado pelo Congresso em 1910 como o décimo parque nacional da nação.

Tiradas ao anoitecer ou amanhecer, de vários ângulos durante erupção, "Gêiser Velho Fiel, Parque Nacional de Yellowstone", Wyoming (orientação vertical) por Ansel Adams

Em 1941, o Serviço de Parques Nacionais dos Estados Unidos contratou o famoso fotógrafo Ansel Adams (1902-84) para criar um mural fotográfico para o prédio do Departamento do Interior, em Washington, DC. O tema seria a natureza como exemplificada e protegida pelos parques nacionais e monumentos nacionais dos Estados Unidos. O projeto foi interrompido por causa da Segunda Guerra Mundial, e nunca mais foi retomado. O acervo da Agência de Fotografia dos Arquivos Nacionais dos Estados Unidos inclui 226 fotografias tiradas para este projeto, a maioria delas assinadas e legendadas por Adams. As fotografias do Parque Nacional Kings Canyon foram tiradas em 1936, quando a criação do parque estava sendo proposta e foram adicionadas por Adams ao projeto do mural . A única fotografia de Yosemite foi um presente de Adams ao chefe do Serviço de Parques Nacionais (National Park Service), Horace Albright, em 1933. Aqui, uma vista do Parque Nacional Yellowstone. Localizado em Wyoming, Montana e Idaho, Yellowstone foi criado em 1872 como o primeiro parque nacional do país.

Árvores com neve nos galhos, "Meia Cúpula, Pomar de Maçãs, Yosemite," Califórnia por Ansel Adams

Em 1941, o Serviço de Parques Nacionais dos Estados Unidos contratou o famoso fotógrafo Ansel Adams (1902-84) para criar um mural fotográfico para o prédio do Departamento do Interior, em Washington, DC. O tema seria a natureza como exemplificada e protegida pelos parques nacionais e monumentos nacionais dos Estados Unidos. O projeto foi interrompido por causa da Segunda Guerra Mundial, e nunca mais foi retomado. O acervo da Agência de Fotografias dos Arquivos Nacionais dos Estados Unidos inclui 226 fotografias tiradas para este projeto, a maioria delas assinadas e legendadas por Adams. As fotografias do Parque Nacional de Kings Canyon foram tiradas em 1936, quando a criação do parque estava sendo proposta e foram adicionadas por Adams ao projeto do mural. A única fotografia de Yosemite, mostrada aqui, foi um presente de Adams ao chefe do Serviço de Parques Nacionais, Horace Albright, em 1933. O Parque Nacional de Yosemite foi criado em 1890 e ampliado em 1906.