21 de abril de 2010

O Livro de Correções para as Deficiências de Montagem de Relógios de Sol de Mármore

Esta obra é um tratado para os marcadores de tempo (singular muwaqqit), e discute a medição tempo a partir de observações astronômicas, tais como o ângulo de inclinação do sol (mayl), a altitude (irtifā'), bem como a direção (samt) e o comprimento das sombras. (Zill). Em 14 capítulos, o autor discorre sobre os métodos de computação destes fatores, a determinação da direção da oração (qibla), e a hora do dia. Ele observa que o uso de métodos geométricos e de instrumentos (alat), tais como marcações na régua (mistara) e a bússola (Bargar, do persa pargār), são simples, porém imprecisos. Portanto, ele se propõe a explicar os aspectos aritméticos (hisab) das medidas astronômicas. Sua obra contém inúmeros diagramas geométricos e é rica em tabelas com base naquelas preparadas por Abu al-Abbas Ahmad b. Muhammad b. Kathir al-Farghani, também conhecido na história da astronomia como Alfraganus. Este último havia visitado o Egito em 861 (247 A.H.) para supervisionar a construção do Nilômetro. O nome do escriba é Ramadan b. Salih B. 'Umar b. Hijazi b. 'Umar al-Hafiz al-Muqrī, conhecido como Safitī.

Almanaque Sazonal Baseado no Calendário Copta

O autor desta obra, Shaykh al-Islām Ahmad al-Bashtakī, viveu em Bashtak próximo ao centro de Cairo. A obra percorre os 13 meses do calendário copta: Tut (Thout), Baba (Paopi), Hatur (Hathur), Koihak (Koiak), Tuba (Tobi), Imshīr (Meshir), Baremhāt (Paremhat), Barmūda (Paremoude ), Bashons (Pashons), Bawna ou Buna (Paoni), iBib (Epip), Misuri (Mesori), e os dias de Nasi (Al Ayyam -Nasi , também conhecido como oPequeno Mês, Pi Kogi Enavot ou El Nasii). O trabalho dá os meses correspondentes dos calendários romano e persa, aponta o significado astrológico dos dias e marca as mudanças das estações e dos signos zodiacais. Também são mencionados os festivais e as festas religiosas. O primeiro dia do mês de Tūt, por exemplo, marca o Ano Novo Copta ou al-Nawrūz al-qibt)ī. O primeiro dia do mês de Mesori inaugura o jejum para a Senhora Maria (Sayyida Maryam). Em algum ponto durante o mês de Bawna, o signo de Câncer ascende e prenuncia a verão. Baseado em observações e cálculos astronômicos, o autor também especifica a duração média, em horas, das partes do dia em cada mês, tal como o tempo entre o período entre a tarde (‛asr) e o anoitecer (ghurūb), ou o período entre o meio-odia (zuhr) e a tarde. O manuscrito foi copiado em 1678(1089 AH).

Referência Abrangente sobre Álgebra e Equações

Este manuscrito é uma obra didática sobre aritmética e álgebra, composta em forma de versos, tal com um qasīda de 59 versos. Foi composto por Ibn al-Hā’im al-Fardī em 1402 (804 A.H.). O começo da obra também cita ‛Alī b. ‛Abd al-Samad al-Muqrī al-Mālikī (morto Dhu al-Ḥijja 1381 [782 A.H.]), um acadêmico e professor que tinha vindo para o Egito e ensinara na madrasa ‛Amr b. ‛As por vários anos. A parte principal do qasīda começa com a introdução e a definição de termos chaves em Aritmética e Álgebra, inclusive a raiz quadrada (jadhr), o quadrado (māl), o cubo (ka‛b, muka‛ab), e outros. As quatro operações básicas de adição (jam), subtração (tarh), multiplicação (darb)e divisão (taqsīm) são, então, introduzidas. Em seguida, a obra enumera os seis problemas padrão em Álgebra e Aritmética. O manuscrito foi copiado em 1882 (1299 A.H.) por um escriba chamado ‛Abd al-Fattāh, de uma cópia feita por seu professor, Shaykh Ḥasan ‛Attār al-Azharī.

Conhecimento do Movimento das Estrelas e o Que Isso Pressagia para Cada Ano

Timbuktu, fundada por volta de 1100 como centro comercial para o comércio em todo o Deserto do Saara, foi também um importante centro de aprendizagem islâmica, do século XIV em diante. As bibliotecas de Timbuktu contêm muitos manuscritos importantes, em diferentes estilos de escrita árabe, que foram escritos e copiados por escribas  e acadêmicos de Timbuktu . Estas obras constituem a mais famosa e duradoura contribuição da cidade às civilizações islâmica e mundial. Esta coleção de escritos (data desconhecida) traça o legado greco-romano da astronomia, com a adição das descobertas feitas pelos acadêmicos muçulmanos. O texto é apresentado sob a forma de um discurso platônico. Inclui uma explicação sobre como determinar qual estrela é ascendente  e o que isto pressagia para o mundo.

Explicações de Problemas de Aritmética com Exemplos

Timbuktu, fundada por volta de 1100 como centro comercial para o comércio em todo o Deserto do Saara, foi também um importante centro de aprendizagem islâmica, do século XIV em diante. As bibliotecas de Timbuktu contêm muitos manuscritos importantes, em diferentes estilos de escrita árabe, que foram escritos e copiados por escribas  e acadêmicos de Timbuktu . Estas obras constituem a mais famosa e duradoura contribuição da cidade às civilizações islâmica e mundial. Este comentário, feito pelo estudioso do século XVIIIal-Rasmuki explica uma obra do matemático medieval al-Samlali. Utilizando gráficos e exemplos de problemas, o comentador demonstra as regras da adição, subtração, multiplicação e divisão. Ele também discute a história e o desenvolvimento da matemática. O texto foi amplamente utilizado pelos estudantes em Timbuktu e em toda a África do Norte.

Curando Doenças e Defeitos Tanto Aparente como Oculto

Timbuktu, fundada por volta de 1100 como centro comercial para o comércio em todo o Deserto do Saara, foi também um importante centro de aprendizagem islâmica, do século XIV em diante. As bibliotecas de Timbuktu contêm muitos manuscritos importantes, em diferentes estilos de escrita árabe, que foram escritos e copiados por escribas  e acadêmicos de Timbuktu . Estas obras constituem a mais famosa e duradoura contribuição da cidade às civilizações islâmica e mundial. Esta compilação de curas (data desconhecida) instrui o leitor sobre os métodos de diagnóstico e de medicação aos doentes. O autor explica o uso de substâncias animais, vegetais e minerais como medicamentos. O trabalho também inclui oraçõese versos do Alcorão que são úteis contra doença. São exibidas instruções para se escrever orações, úteis aos doentes, para serem usadas em amuletos.