Dezoito anos em Uganda e África Oriental

Descrição

Dezoito anos em Uganda e África Oriental é uma narrativa em dois volumes do trabalho de Alfred R. Tucker (1849–1914) como bispo anglicano da África Equatorial Oriental entre 1890 e 1899 e como o primeiro bispo de Uganda de 1899 até 1908, quando o livro foi publicado. O volume 1 inclui uma revisão do início da história do envolvimento europeu na África Oriental, da chegada do primeiro missionário da Sociedade Missionária da Igreja (CMS) em Mombaça (atual Quênia) em 1844. Ele narra a chegada de Tucker na África, em 1890, e de suas duas longas viagens para Uganda nos anos subsequentes, e inclui uma revisão das condições políticas, econômicas e sociais no país. O volume 2 aborda os desenvolvimentos, como a criação de um sistema educacional em Uganda, a construção da Ferrovia de Uganda e a luta contra o comércio de escravos. Tucker foi fundamental no incentivo para os britânicos permanecerem em Uganda e estabelecerem, em 1894, o protetorado britânico em Uganda. Ele acreditava na importância da criação de uma igreja africana forte e escreveu que os missionários da CMS não desejavam “desnacionalizar o povo de Baganda… transformando-os em homens ingleses negros (se algo desse tipo fosse possível), mas sim fortalecer suas próprias características nacionais”. Estão incluídos um mapa de Uganda e da África Oriental Britânica e vários desenhos de Tucker, que havia sido um artista profissional e expôs na Academia Real antes de se tornar um clérigo.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Edward Arnold, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

Eighteen Years in Uganda and East Africa

Tipo de Item

Descrição Física

2 volumes, 359 páginas: ilustrações e 1 mapa

Observações

  • Da Universidade Cristã de Uganda. Digitalizado na Biblioteca Nacional de Uganda com o apoio da Corporação Carnegie de Nova Iorque.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 10 de janeiro de 2014