Prato em porcelana Imari com mapa do Japão

Descrição

Este mapa é baseado em um dos mapas mais antigos, atribuídos ao monge Gyōki (668–749), que tentou descrever todo o país do Japão. O mapa Gyōki foi reproduzido durante séculos em mapas comerciais e usado em pratos de cerâmica. Várias versões desses pratos de mapas em porcelana Imari foram feitas no início do século XIX. O desenho altamente estilizado do mapa indica que a decoração em cerâmica não primava pela precisão. Junto com os nomes de províncias japonesas e sua localização relativa, o mapa mostra a Coreia, as Ilhas Ryukyu (incluindo Okinawa) e terras imaginárias como o “país das mulheres” no sul e a “terra dos pigmeus” no norte. O mapa não é desenhado em escala. O norte fica à direita e são mostradas as ilhas de Honshu, Shikoku e Kyushu. Embora Edo (Tóquio) tenha se tornado a capital oficial do Japão com o estabelecimento do xogunato Tokugawa em 1603, esta ilustração coloca Kyoto no centro, sinal da importância simbólica da antiga capital imperial.

Informação da Publicação

Japão

Idioma

Título no Idioma Original

日本図皿

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 prato: colorido, cerâmica; 30 x 33 centímetros.

Observações

  • Mapa não desenhado em escala.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 16 de outubro de 2012