Sobre os votos monásticos

Descrição

De votis monasticis (Sobre os votos monásticos) é o ataque de Martinho Lutero à vida monástica. Vindo apenas quatro anos depois de ter publicado suas 95 teses em Wittenberg, o trabalho era um componente importante de seus planos maiores de reformar a igreja cristã no Ocidente. Neste folheto, escrito durante a sua estadia no Castelo de Wartburg em 1521 (época em que Lutero ia além de seus ataques sobre indulgências a outras questões), o grande reformador argumentava que os monges e freiras podiam violar seus votos sem cometer pecado, uma vez que estes votos são, de qualquer forma, inválidos. De votis monasticis faz parte de uma série de panfletos que abordam os diferentes sacramentos da Igreja Católica, incluindo a missa e a confissão. Lutero também usou seu tempo em Wartburg para começar a trabalhar em seu magnum opus, a tradução da Bíblia dos idiomas originais para o alemão.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Melchior Lotter d.J.

Idioma

Título no Idioma Original

De votis monasticis

Tipo de Item

Descrição Física

60 folhas; 21 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de setembro de 2012