Textos litúrgicos (códice de Kacmarcik)

Descrição

Este manuscrito do século XIV foi escrito no Mosteiro de Santo Antônio, perto do Mar Vermelho, no Egito. Ele contém um conjunto único de orações para a liturgia Eucarística, exibido em textos paralelos em grego e árabe. Eles são a Ordem da Liturgia, com as Anáforas de São Basílio, São Gregório, o Teólogo, e São Marcos, junto com orações para os doentes, os mortos e outros necessitados. A Anáfora faz parte da Divina Liturgia ou missa, na qual o pão e o vinho são consagrados como o corpo e o sangue de Cristo. O grego está escrito em letras de estilo copta e apresenta vários erros ortográficos, que são explicáveis ​​pelo ambiente copta. Embora o grego não fosse normalmente usado na adoração cristã no Egito por alguns séculos, estes textos preciosos foram considerados dignos de preservação e tradução para a língua agora dominante da região, o árabe. No manuscrito, a data é apresentada como o ano "1061 dos Mártires" (1344–1345). Isso reflete o fato de que a Igreja copta começa seu calendário em 284 d.C., ano que Diocleciano tornou-se imperador de Roma. Determinado a acabar com o cristianismo, Diocleciano desencadeou ondas de perseguição por todo o império. As perseguições foram particularmente severas no Egito.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Mosteiro de Santo Antônio

Título no Idioma Original

Euchologion

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

149 folhas; 16,8 x 14 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de setembro de 2012