Estatutos da Ordem dos Cavaleiros Hospitalários de Jerusalém de Malta

Descrição

Este livro é, talvez, a coleção mais bela produzida sobre os estatutos na cultura ocidental. Suas ilustrações originais integram xilogravuras e gravuras, e sua escrita é projetada de forma bela. O objetivo do livro era engrandecer o poder e a autoridade do Grão-Mestre da Ordem do Hospital (também conhecida como os Cavaleiros de Malta ou Cavaleiros Hospitalários), Hugues Loubens de Verdalle (1581-1595). Verdalle tornou-se Grão-Mestre num momento em que a ordem crescia em prestígio e autoridade em relação aos seus próprios cavaleiros e ao povo de Malta. A Ordem do Hospital recebeu o reconhecimento favorável, dinheiro e novos recrutas após a defesa bem sucedida de Malta contra os turcos otomanos em 1565. O sucesso da ordem, no entanto, criou tensões internas entre os veteranos e os "novos" membros, que se rebelaram contra o Grão-Mestre em 1581. Quando Verdalle se tornou o próximo Grão-Mestre da ordem, na virada do ano, ele estabeleceu Malta como um estado soberano, independente da intromissão europeia. Ele usou arte, arquitetura e, como aqui, as artes do livro para demonstrar, para sua ordem e para o resto da Europa, o poder e a autoridade do Grão-Mestre.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Titi & Pauli de Dianis, Roma

Idioma

Título no Idioma Original

Statuta Hospitalis Hierusalem

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

20 páginas não numeradas, 207 páginas numeradas, 17 páginas não numeradas: Ilustrações, mapas, retratos; 32 centímetros

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de setembro de 2012