Uma história de Sind: Volume I

Descrição

O prolífico autor e jornalista urdu Abdulhalīm Sharar (1860–1926) nasceu e passou grande parte de sua vida em Lucknow (na atual Uttar Pradesh, Índia). Ele produziu biografias, romances históricos, romances românticos, histórias, ensaios e outras obras. Tarikh-e-Sindh (Uma história de Sind) é uma das principais obras históricas de Sharar. A colonização permanente em Sind, uma província do atual Paquistão, ocorreu por volta de 7000 a.C.. A civilização do Vale do Indo, uma das culturas mais antigas do mundo, floresceu em Sind entre 3300 e 1750 a.C., competindo com as civilizações do Egito e da Mesopotâmia em tamanho e sofisticação. Sind se tornou uma província da Pérsia no sexto século a.C. e foi conquistada por Alexandre o Grande por volta de 326 a.C. Nos séculos seguintes, greco-bactrianos budistas, citas, persas e rajputs imperaram na região. Em 711 d.C., o general omíada Muhammad bin Qasim conquistou Sind com a força de uma cavalaria de 20.000 soldados montados, além de cinco catapultas. A conquista árabe foi seguida por uma ampla conversão ao Islã, pela construção de Mansura como a capital e pelo desenvolvimento de uma cidade portuária em Debal. Viajantes, historiadores e geógrafos muçulmanos escreveram ou visitaram a região durante séculos, algumas vezes usando o nome "Sind" para toda a área do Mar Arábico ao Hindu Kush.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Dilgudaz Press, Lucknow

Idioma

Título no Idioma Original

تاریخ سندھ

Tipo de Item

Descrição Física

256 páginas, 21,9 x 13 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 16 de janeiro de 2015