História da Babilônia e Nínive

Descrição

Tarikh e Babul Wa Nainawa (História da Babilônia e Nínive) é uma história em urdu sobre essas duas cidades antigas. Babilônia foi fundada no início do terceiro milênio a.C., entre os rios Eufrates e Tigre, ao sul da atual Bagdá, no Iraque. Ela se tornou importante durante o governo de Hamurabi (entre 1792 e 1750 a.C.), foi governada pelo imperador neo-babilônico Nabucodonosor II (634–562 a.C., aproximadamente, que governou por volta de 605 a 562 a.C.), e foi conquistada por Alexandre o Grande em 331 a.C. Nínive estava localizada na margem leste do Tigre na antiga Assíria, do outro lado do rio da cidade moderna de Mosul, no Iraque. A colonização em Nínive ocorreu pela primeira vez por volta de 6000 a.C. e, em 2000 a.C., a cidade era o centro de veneração da deusa da fertilidade Ishtar. Senaquerib (que governou entre 704 e 681 a.C.) transformou Nínive em uma cidade magnífica com novas ruas, praças e um sistema de canal dentro de uma área murada e construiu um vasto e esplêndido palácio. Após Nínive ter sucumbido aos medos e aos babilônios em 612 a.C., a cidade foi destruída e nunca recuperou sua antiga importância. Além de contar o início da história da Babilônia e de Nínive, o autor detalha desastres naturais e discute aspectos religiosos, sociopolíticos e culturais da vida nas duas cidades.

Data de Criação

Informação da Publicação

Rangeen Press, Deli, Índia

Idioma

Título no Idioma Original

تاریخ بابل و نینوا

Tipo de Item

Descrição Física

192 páginas, 20,7 x 12,8 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de maio de 2015