A escada da ascenção na obtenção das aquisições no Sudão Ahmad Baba responde às perguntas de um marroquino sobre a escravidão

Descrição

Timbuktu (atual Tombouctou em Mali), fundada em torno de 1100 como centro comercial de negócios no deserto do Saara, foi também uma importante sede de aprendizagem islâmica, do século XIV em diante. As bibliotecas do lugar contêm muitos manuscritos importantes, em diferentes estilos de escrita árabe, que foram escritos e copiados por escribas e acadêmicos de Timbuktu . Estas obras constituem a mais famosa e duradoura contribuição da cidade ao mundo islâmico e à civilização mundial. Ahmad Baba ibn Ahmad ibn Umar ibn Muhammad Aqit al-Tumbukti discute a escravidão que ocorreu na África Ocidental durante o século XVII. A examinação do assunto em Mi‘rāj al-Ṣu‘ūd ilá nayl Majlūb al-Sūdān (A escada da ascenção para aquisições no Sudão: Ahmad Baba responde perguntas de um marroquino sobre a escravidão) é baseada na lei islâmica e observa-se que a natureza original e fundamental da humanidade de que todos os indivíduos são livres. A escravidão pode ser aplicada somente sob certas e muito específicas condições determinadas pela lei islâmica.

Última Atualização: 10 de outubro de 2014