A elucidação de Memórias sobre astronomia, por Ṭūsi

Descrição

Este manuscrito é um comentário sobre a obra de Naṣīr al-Dīn Muḥammad ibn Muḥammad Ṭūsi, al-Tadhkira fī al-‘ilm al-hay’a (Memórias sobre astronomia). Escrito na segunda metade do século XIII, o trabalho de Tusi foi muito influente para as futuras gerações de astrônomos do mundo islâmico, e muitos dos comentários sobre ele tornaram-se merecidamente populares. Este comentário foi feito por Nizam al-Din Hasã b. Muhammad al-A'raj al-al-Nīsābūrī Qummī (falecido depois de 1311). Na introdução deste trabalho, o próprio autor o intitula Tauḍīḥ al-Tadhkira (Elucidação da memória), al-Nīsābūrī elogia o trabalho de Tusi por possuir uma vasta riqueza, incluindo os pensamentos mais importantes da modernidade e um resumo das opiniões antigas. Ele acrescenta que, ao escrever seu comentário, ele se comprometeu a incluir o texto inteiro do trabalho de Tusi, e que as figuras do texto original ficariam em preto, enquanto aquelas do comentário seriam feitas em vermelho, a fim de tornar possível "distinguir os pontos de vista [individuais]". Al-Nīsābūrī pode traçar sua linhagem intelectual até Tusi através de seu próprio professor, Mahmud Ibn Masud Qutb al-Shirazi (1226-1311), frequentemente citado como o aluno mais proeminente de Tusi. Além deste trabalho, al-Nīsābūrī escreveu comentários sobre outras obras de Ṭūsi: Taḥrīr al‐Majisṭī (Recensão do Almagesto), Sī faṣl dar ma‘rifat-i taqwīm (Trinta capítulos sobre a ciência do calendário) e Zīj-i Ilkhāni (O folheto astrônomico Īlkhānid). O colofão do manuscrito presente lista a data de conclusão como o primeiro dia de Rabi al-Awwal do ano 711 A.H. (18 de julho de 1311), que foi logo após a morte de Qutb al-Shirazi. Estudiosos afirmam que Tauḍīḥ al-Tadhkira Tauḍīḥ era o texto mais importante na madrassa de Ulugh Beg, em Samarcanda, para o estudo de al-Tadhkira fī al-‘ilm al-hay’a.

Última Atualização: 15 de abril de 2016