A Sociedade da Filadélfia para o alívio do sofrimento nas prisões públicas

Descrição

Este documento é um certificado de filiação da Sociedade da Filadélfia para o alívio do sofrimento nas prisões públicas. A sociedade foi fundada em 1787 por proeminentes cidadãos da Filadélfia, incluindo Benjamin Franklin e Dr. Benjamin Rush, com o intuito de corrigir os abusos na cadeia da cidade. A litografia contém uma vinheta com um retrato de Bishop White, presidente da organização, e uma vista panorâmica dos prédios e do terreno da Penitenciária Estadual do Leste. O parágrafo na parte inferior descreve a instituição, também conhecida como Penitenciária Estadual de Cherry Hill, como "a prisão modelo do sistema penitenciário disciplinar da Pensilvânia" ou "sistema separado" de encarceramento, onde "cada condenado ocupa uma cela individual". Outras características descritas são a construção, as dimensões e utilidades do prédio, incluindo "sete corredores de celas", "água aquecida", e "água em cada cela". A penitenciária foi construída entre 1823 e 1836 segundo o projeto de John Haviland, e localizava-se na Avenida Fairmount, nº 2101 a 2199. O terreno era cercado por um muro de tijolos com uma entrada de estilo gótico, e incluía também espaço para hortas. Terrenos virgens e a cidade, incluindo o Girard College, circundam os prédios da prisão. A gravura é assinada por James Fuller Queen, um proeminente litógrafo e pioneiro no uso da cromolitografia da Filadélfia, que produziu muitas gravuras sobre a cidade.

Última Atualização: 22 de abril de 2013