Cemitério Laurel Hill, Filadélfia

Descrição

Na década de 1830, um grupo de influentes moradores da Filadélfia pretendia estabelecer um cemitério rural que fosse naturalista, sereno, exclusivo e refinado. Escolheram Laurel Hill, na Avenida Ridge, 3822, antiga propriedade do comerciante Joseph Sims, que tinha penhascos rochosos e vistas espetaculares e ficava a cerca de seis quilômetros do centro da cidade. O cemitério foi construído entre 1836 e 1839 com projetos do arquiteto e paisagista escocês John Notman. A vista mostra o portão principal. Um homem passa a cavalo pelo cemitério, no qual a capela funerária em estilo gótico pode ser vista ao fundo. O campo e árvores dominam o primeiro plano. A ilustração é de autoria de John Caspar Wild (entre 1804 e 1846, aproximadamente), um artista e litógrafo nascido na Suíça, que chegou à Filadélfia, vindo de Paris, em 1832. Ele produziu pinturas e gravuras da Filadélfia e de outras cidades americanas, incluindo Cincinnati, Saint Louis e Davenport, Iowa. Seu trabalho é um importante registro histórico dessas cidades antes da era da industrialização em grande escala e do rápido crescimento urbano.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

J.T. Bowen, Filadélfia

Idioma

Título no Idioma Original

Laurel Hill Cemetery, Philadelphia

Tipo de Item

Descrição Física

1 gravura: litografia, colorida à mão; 13 x 18 centímetros

Observações

  • Originalmente publicada como chapa 20 em Views of Philadelphia, and its vicinity (Vistas da Filadélfia e proximidades) (Filadélfia: Publicada por J.C. Wild & J.B. Chevalier, litógrafos, 72 Dock Street, 1838). As pedras litográficas para as gravuras foram adquiridas por John T. Bowen, que as reeditou com coloração à mão. Ele adquiriu os direitos autorais desta gravura em 1840.
  • Número do catálogo digital: POS 430.3

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 26 de outubro de 2012