Os eslovenos

Descrição

Em preparação para a esperada conferência de paz após a Primeira Guerra Mundial, na primavera de 1917, o Ministério das Relações Exteriores britânico criou um departamento especial responsável pelo planejamento de informações de base que seriam usadas pelos delegados britânicos durante a conferência. Os eslovenos é o Número 13 em uma série de mais de 160 estudos produzidos por este departamento, a maioria dos quais foi publicada após a conclusão da Conferência de Paz de Paris, em 1919. O estudo inclui seções sobre história política, condições sociais e políticas, e observações gerais. Os eslovenos são um povo eslavo que colonizou a região da atual Eslovênia por volta do século VI. Eles se submeteram aos Habsburgos no século XIV e eram em sua maioria católicos romanos. Este estudo discute o crescimento do sentimento nacionalista e sul-eslavo por parte dos eslovenos no final do século XIX, bem como os esforços em sentido contrário feitos pelos austríacos para manter sob seu domínio esta parte estratégica e economicamente importante de seu império. Isso foi feito principalmente por meio de uma política ativa de germanização, que envolvia, por exemplo, o favorecimento da língua alemã nas escolas e o emprego de falantes do alemão em serviços públicos. Com a dissolução da Áustria-Hungria no final da Primeira Guerra Mundial, a Eslovênia tornou-se parte do recém-criado Reino dos Sérvios, Croatas e Eslovenos (Iugoslávia, a partir de 1929).

Data de Criação

Informação da Publicação

H.M. Stationery Office, Londres

Idioma

Título no Idioma Original

The Slovenes

Tipo de Item

Descrição Física

3 placas, 20 páginas; 22 centímetros

Observações

  • Da série: Manuais da Paz

Coleção

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 21 de março de 2014