Uma imagem da cidade de Ambalema e da Mesa de Herveo, vista a partir da margem direita do rio Magdalena, província de Mariquita

Descrição

Esta aquarela de Henry Price (de 1819 a 1863) retrata cenas de grande atividade em ambos os lados do rio Magdalena em Ambalema, uma pequena cidade no planalto andino da província de Mariquita (atual departamento de Tolima, Colômbia). A Mesa de Herveo (também chamada Nevado del Ruiz) aparece ao fundo. Segundo maior pico na Cordilheira Central dos Andes, Nevado del Ruiz é um vulcão ativo com mais de 5.000 metros acima do nível do mar. Price era um pintor e músico britânico, tendo sido um dos relatores da Comisión Corográfica (Comissão Corográfica), um órgão incumbido de estudar a Geografia, os recursos naturais, a História natural, a cultura regional e a agricultura da República de Nova Granada (atuais Colômbia e Panamá). Ele nasceu em Londres, mas se mudou para Nova York com sua família quando ainda era um adolescente. Em 1843, casou-se com Eliza Castello Brandon, filha de David Castello Montefiori (1790 a 1882). Price e Castello provavelmente se conheceram em Nova York, para onde Castello, que também era originalmente de Londres, havia transferido suas atividades comerciais antes sediadas em Kingston, Jamaica. Henry e Eliza Price se estabeleceram em Bogotá, onde ele inicialmente trabalhou para Castello como contador. Com a fundação da Sociedad Filarmónica, uma instituição influente na sociedade bogotana, ele pôde estabelecer importantes contatos sociais que o levaram a um cargo de docência no Colegio del Espíritu Santo. Foi lá que ele conheceu alguns dos futuros membros da Comisión Corográfica, incluindo o pintor venezuelano Carmelo Fernández (1809 a 1887), o botanista José Jerónimo Triana (1828 a 1890) e o advogado e estadista Santiago Pérez Manosalbas (1830 a 1900). Price foi contratado para a terceira expedição, em 1852, rumo às províncias de Mariquita, Medellín, Córdoba, Antioquia e Cauca, sob a direção de Agustín Codazzi (1793 a 1859). Muitas das aquarelas e desenhos de Price de 1852 a 1855 retratam as paisagens, o povo, seus costumes e os artefatos colombianos. Essas obras são mantidas hoje na Biblioteca Nacional da Colômbia (Colección Comisión Corográfica).

Última Atualização: 23 de novembro de 2016