Manuscrito de "A Voragem"

Descrição

La vorágine (A Voragem) é um romance épico escrito pelo poeta e advogado José Eustasio Rivera, publicado pela primeira vez em 1924 em Bogotá e tendo como cenário a selva colombiana durante o ciclo da borracha, desde aproximadamente 1880 até a Primeira Guerra Mundial. Rivera foi assessor jurídico de uma comissão criada para determinar a fronteira entre a Colômbia e a Venezuela. Aqui é apresentada parte do manuscrito do romance, composta por um caderno que Rivera costumava levar em suas viagens ao interior em seu trabalho para a comissão. "Este caderno" ele explica mais tarde, “subiu comigo os rios Orinoco, Atabapo, Guaviare, Inírida, Guania, Casiquiare, Preto, Amazonas e Magdalena, quando eu era advogado para a Comissão Colombiana da Fronteira com a Venezuela, e suas páginas foram escritas nas praias, nas florestas… nas popas das canoas, nas pedras que me serviram de travesseiro, nas caixas e rolos de arame, em meio aos insetos e ao calor. Terminei este romance em Neiva em 21 de abril de 1924." Agora preservado na Biblioteca Nacional da Colômbia, o manuscrito ilumina as origens do romance e de seus principais personagens, Arturo Cova e sua amada Alicia. Considerada uma obra seminal do modernismo latino-americano e um exemplo de "romance da selva," comparável a Heart of Darkness (O Coração das Trevas) de Joseph Conrad, La vorágine (A Voragem) é um dos romances mais importantes da literatura colombiana.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Manuscrito de “La Vorágine”

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

171 páginas; 28 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de março de 2013