A arte e o vocabulário do idioma achaguá

Descrição

Arte y bocabulario de la lengua achagua: Doctrina christiana, confessionario de uno y otro sexo e instrucción de cathecumenos (A arte e o vocabulário do idioma achaguá: Doutrina cristã, a confissão de ambos os sexos e instrução no catecismo) confirma os esforços linguísticos realizados pelos missionários jesuítas nas regiões fronteiriças da Colômbia e Venezuela da atualidade. Como explicado no longo título, este pequeno volume manuscrito, em caligrafia belíssima e agora preservado na Biblioteca Nacional da Colômbia, contém diversos itens: uma gramática do idioma achaguá, um amplo vocabulário fornecendo os equivalentes em espanhol para cada palavra achaguá, instruções para confessores (com a tradução da entrevista a ser dada pelo padre aos novos paroquianos) e um catecismo. O texto frisa a importância do uso correto do idioma indígena, pois somente através desse método seria possível cristianizar os nativos. A obra foi iniciada pelo Padre Alonso de Neira, que faleceu em 1703. Não se sabe se foi simplesmente transcrita pelo Padre Juan Rivero, que chegou ao país em 1705, ou se ele adicionou mais palavras ao se tornar especialista no idioma. O achaguá é um idioma do grupo arawak-maipure falado tradicionalmente pelo povo Achaguá da Venezuela e do centro-leste da Colômbia.

Última Atualização: 19 de março de 2013