Coletânea teológica, por volta de 764-783

Descrição

Este manuscrito da coletânea foi escrito na época do bispo Arbeo (por volta de 764–783) na cidade diocesana Freising da Baviera. É especialmente notável por sua escrita, uma forma de minúscula anglo-saxônica, e por sua decoração tipicamente insular: as iniciais são adornadas com animais e padrões entrelaçados, e rodeadas por pontos vermelhos. Estas características insulares devem ser atribuídas a um escriba inglês ativo no scriptorium de Freising na época, o que é notável uma vez que Freising fica fora da área onde a influência de missionários ingleses era forte no século VIII. Pouco comum para este período antigo, o nome do escriba é sabido. Em outros manuscritos feitos por ele, o escriba acrescentou um colofão no final de sua obra, no qual ele mencionou seu nome: Peregrinus ("Peregrino"). O texto em latim inclui escrituras de Isidoro de Sevilha (por volta de 560–636), incluindo seu Synonyma, uma meditação espiritual. Santo Isidoro, arcebispo de Sevilha, foi um estudioso e teólogo que é considerado o último e maior pai da igreja latina. Seu trabalho teria sido conhecido pelos missionários anglo-saxãos que desempenharam um papel essencial em disseminar o cristianismo na Alemanha no século VIII.

Idioma

Título no Idioma Original

Sententiae variae patrum

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

69 folhas, pergaminho: ilustrações; 23,2 x 14,7 centímetros

Observações

  • Código BSB: Clm 6433

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 28 de agosto de 2015