Brasão inglês

Descrição

Na metade do século XVI, os mercadores trabalhando para o império comercial e bancário dos Fugger, e contratados pelo nobre de Agusburgo e amante de livros Johann Jakob Fugger estavam muito ocupados conseguindo novos tesouros, de fontes próximas e distantes, para a imensa coleção de livros dos Fugger. Para aumentar sua coleção da história da dinastia e heráldica europeias, um interesse especial de Fugger em 1545-1550, ele adquiriu esta obra, a última versão do armorial da nobreza inglesa. A coleção abre com um magnífico brasão do Rei Henrique VIII (reinou entre 1509–1547) em ouro, prata e cores brilhantes. Dentre os brasões estão também emblemas heráldicos do rei (emblemas pessoais), incluindo a rosa Tudor e a faixa azul da Ordem da Jarreteira com extremidades douradas e bordada com o motivo dourado: Honi soit qvi mal y pense (Envergonhe-se quem nisto vê malícia). Seguidos pelos brasões das famílias das seis esposa de Henrique, dos 12 pares mais importantes da Inglaterra e da Irlanda, e dos membros da Ordem da Jarreteira. Depois, estão os brasões da família real inglesa, da nobreza inglesa, dos bispos ingleses e de outras famílias inglesas. Em 1571, dificuldades nos negócios forçaram Johann Jakob a vender sua coleção de livros para Alberto V da Baviera. O armorial, juntamente com toda a biblioteca de Fugger, veio para a biblioteca da corte de Munique, predecessora da Biblioteca Estatal da Baviera.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

Insignia Anglica

Tipo de Item

Descrição Física

63 folhas, papel: ilustrações; 39,5 x 28,5 centímetros

Observações

  • Código BSB: Cod.icon. 291

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de outubro de 2012