Brasão inglês

Descrição

Na metade do século XVI, os mercadores trabalhando para o império comercial e bancário dos Fugger, e contratados pelo nobre de Agusburgo e amante de livros Johann Jakob Fugger estavam muito ocupados conseguindo novos tesouros, de fontes próximas e distantes, para a imensa coleção de livros dos Fugger. Para aumentar sua coleção da história da dinastia e heráldica europeias, um interesse especial de Fugger em 1545-1550, ele adquiriu esta obra, a última versão do armorial da nobreza inglesa. A coleção abre com um magnífico brasão do Rei Henrique VIII (reinou entre 1509–1547) em ouro, prata e cores brilhantes. Dentre os brasões estão também emblemas heráldicos do rei (emblemas pessoais), incluindo a rosa Tudor e a faixa azul da Ordem da Jarreteira com extremidades douradas e bordada com o motivo dourado: Honi soit qvi mal y pense (Envergonhe-se quem nisto vê malícia). Seguidos pelos brasões das famílias das seis esposa de Henrique, dos 12 pares mais importantes da Inglaterra e da Irlanda, e dos membros da Ordem da Jarreteira. Depois, estão os brasões da família real inglesa, da nobreza inglesa, dos bispos ingleses e de outras famílias inglesas. Em 1571, dificuldades nos negócios forçaram Johann Jakob a vender sua coleção de livros para Alberto V da Baviera. O armorial, juntamente com toda a biblioteca de Fugger, veio para a biblioteca da corte de Munique, predecessora da Biblioteca Estatal da Baviera.

Idioma

Título no Idioma Original

Insignia Anglica

Tipo de Item

Descrição Física

63 folhas, papel: ilustrações; 39,5 x 28,5 centímetros

Observações

  • Código BSB: Cod.icon. 291

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 18 de outubro de 2012