Sobre a vida de Plotino. As seis Enéadas

Descrição

Sob a influência do humanismo italiano e de seu tutor e colecionador de livros János Vitéz, o Arcebispo de Esztergon, Matias Corvino da Hungria (1443-1490) desenvolveu uma paixão por livros e pela aprendizagem. Eleito rei da Hungria em 1458, aos 14 anos de idade, Matias conquistou grande sucesso por suas batalhas contra os turcos otomanos e por seu patrocínio à aprendizagem e à ciência. Ele criou a Bibliotheca Corviniana, na época considerada como uma das melhores bibliotecas da Europa. Após sua morte, e especialmente após a conquista de Buda pelos turcos, em 1541, a biblioteca foi dispersa e grande parte da coleção foi destruída, com os volumes sobreviventes sendo espalhados por toda a Europa. Este códice, um dos oito manuscritos originalmente da Biblioteca de Corvino e agora preservado na Biblioteca Estatal da Baviera, contém as obras filosóficas completas, as chamadas Enéadas, de Plotino (entre 204 e 270, aproximadamente), conhecido como o fundador da filosofia neoplatônica. Também incluída no códice encontra-se a biografia de Plotino, escrita por Porfírio (234-por volta de 305), um dos discípulos mais proeminentes do filósofo, e o compilador de Enéadas. Copiado por dois escribas diferentes que são bem conhecidos por estudiosos modernos, o códice muito provavelmente foi adquirido por Corvino logo após a sua produção. A Coleção da Bibliotheca Corviniana foi inscrita no programa Memória do Mundo, da UNESCO, em 2005.

Título no Idioma Original

Πορφυρίου περὶ τοῦ Πλωτίνου βίου καὶ τῆς τάξεως τῶν βιβλίων αὐτοῦ Πλωτίνου φιλοσόφου ἐννεάδες

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

297 folhas, papel: 28 x 19 centímetros

Observações

  • Código BSB Cod.graec. 449

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 21 de abril de 2014