Muralha bizantina próxima a Irdikale, Constantinopla, Turquia

Descrição

Esta impressão fotocrômica da muralha bizantina próxima a Irdikale em Constantinopla (atual Istambul) é parte das “Imagens de pessoas e lugares na Turquia”, do catálogo da Detroit Publishing Company (1905). As ruínas da muralha da antiga cidade grega de Bizâncio se estendem ao lado dos jardins de Yedikule na atual Yedikule, Istambul. Ao longo de sua história, Constantinopla era conhecida por suas impenetráveis muralhas. Em 324 d.C., o imperador romano Constantino capturou Bizâncio, renomeando-a em sua homenagem, e no ano 330 proclamou a cidade como a capital do império. Constantino construiu uma nova muralha, conhecida como a Muralha de Constantino, para envolver uma área maior e fortalecer as defesas da cidade. Com o intuito de defender contra os ataques de godos e hunos e de proteger as novas partes da cidade, novas muralhas foram construídas no início do século V durante o reinado do imperador Teodósio II (reinou de 408 a 450). Elas se tornaram conhecidas como as Muralhas de Teodósio.

Informação da Publicação

Detroit Photographic Company, Detroit, Michigan

Título no Idioma Original

Byzantine Wall near Irdikale, Constantinople, Turkey

Tipo de Item

Descrição Física

1 impressão fotomecânica: fotocromo, colorido

Observações

  • A Companhia Fotográfica de Detroit foi lançada como uma editora de fotografia na década de 1890 pelo empresário e editor de Detroit William A. Livingstone, Jr., e pelo fotógrafo e editor de fotografia Edwin H. Husher. Eles obtiveram o direito exclusivo de usar o "Fotochromo", o processo suíço de conversão de fotografias em preto-e-branco em imagens coloridas, e imprimi-las por fotolitografia. Este processo inovador foi aplicado na produção em massa de cartões postais coloridos, gravuras e álbuns para venda ao mercado americano. A empresa tornou-se a Detroit Publishing Company em 1905.
  • Impressão n° "16525".

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 27 de abril de 2015