Casa de Ichizuke

Descrição

O termo ukiyo-e, literalmente "retratos do mundo flutuante" se refere a um gênero de obra de arte japonesa no período Edo (1600-1868). Como a frase "mundo flutuante" sugere, com suas raízes na visão efêmera do Budismo, ukiyo-e capturava a dinâmica fugaz da vida urbana contemporânea. Ao mesmo tempo que eram acessíveis e satisfaziam os gostos das "pessoas comuns", os detalhes artístico e técnico dessas gravuras mostram uma sofisticação notável. Seus temas vão de retratos de cortesãs e atores à literatura clássica. Kitagawa Utamaro foi o mais influente artista ukiyo-e, conhecido tanto no Japão quanto no Mundo Ocidental por sua interpretação estilística de bijin-ga (retratos de mulheres bonitas). Bijin-ga capta as tendências da beleza feminina com imagens tanto reais quanto idealizadas de cortesãs do alto escalão, figuras históricas, gueixa (artistas da música e da dança), cortesãs do baixo escalão, personagens fictícios, meretrizes ilustres, e mulheres comuns. Ao mesmo tempo que Utamaro geralmente criava imagens idealizadas de mulheres, ele capturava momentos de seus gestos cotidianos em vez de poses convencionais. Esta gravura, por exemplo, mostra cortesãs preparando chá e realizando outras atividades domésticas, enquanto seu convidado olha pela janela e observa a neve caindo. Ela foi criada em 1804, o ano que Utamaro foi preso por desenhar ilustrações para um livro censurado.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

居続之坐鋪

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 gravura: xilogravura, colorida; 17,7 x 26,4 centímetros

Observações

  • Das séries: Seirō ehon nunchū gyōji : Atividades iniciais das cortesãs da Casa Verde.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de fevereiro de 2014