Locomotiva: Jornal para a educação política do povo, nº 189, 14 de dezembro de 1848

Descrição

O jornal radical de 1848 Locomotive é o trabalho jornalístico mais importante de Friedrich Wilhelm Alexander Held (1813-1872). Depois de seguir carreira militar como oficial do exército prussiano, Held retornou à vida civil e trabalhou por um tempo como ator e escritor. Em 1843, mudou-se para Leipzig, onde publicou o jornal Die Lokomotive (A locomotiva). O jornal alcançou sucesso rapidamente, com sua circulação atingindo 12 mil exemplares por dia. Seu jornal logo foi proibido, apesar de Held ser mais um defensor da monarquia constitucional do que um político radical. Após várias tentativas de continuar publicando em Leipzig, Held mudou-se para Berlim, onde, em 1º de abril de 1848, começou a publicar a Locomotive: Zeitung für politische Bildung des Volkes (Locomotiva: um jornal para a educação política do povo). O ano de 1848 foi marcado por reviravoltas revolucionárias em grande parte da Europa, causadas pela alta dos alimentos e a instabilidade econômica e política, o que levou à derrubada do rei Luís Filipe da França, em fevereiro. Na Alemanha, os delegados se reuniram em Frankfurt para exigir reformas políticas e a criação de uma Alemanha unificada e democrática. Os levantes populares, por fim, perderam força ou foram sufocados pelas tropas prussianas ou austríacas. A publicação de Locomotive foi proibida em janeiro de 1849. As 201 publicações do jornal mostradas aqui, que vão de abril a dezembro de 1848, são um testemunho direto dos acontecimentos revolucionários de 1848.

Última Atualização: 20 de maio de 2016