As 95 Teses

Descrição

O Disputatio pro declaratione virtutis indulgentiarum, de Martinho Lutero, de 1517, comumente conhecido como as 95 Teses, é considerado o documento central da Reforma Protestante. Seu título completo diz: “Com um desejo ardente de trazer a verdade à luz, as seguintes teses serão defendidas em Wittenberg. Reverendo Frei Martinho Lutero, Mestre de Artes, Mestre de Sagrada Teologia e Professor oficial de Wittenberg, falará em sua defesa. Ele, portanto, pede: que todos os que não puderem estar presentes e debater com ele verbalmente, façam-no por escrito. Em nome de Nosso Senhor Jesus Cristo. Amém”. O documento passou a lista de 95 abusos clericais, principalmente relativos à venda de indulgências (pagamento para remissão da pena dos pecados terrenos) pela Igreja Católica Romana. Lutero (1483-1546), um padre e professor de teologia alemão, se tornou a figura mais importante da grande revolta religiosa contra a Igreja Católica conhecida como a Reforma. Enquanto ele pretendia usar as 95 teses como a base para uma disputa acadêmica, sua acusação das práticas da igreja se espalhou rapidamente, graças à então arte ainda nova da impressão. Até o final de 1517, três edições das teses foram publicadas na Alemanha, em Leipzig, Nuremberg e Basel, por impressores que não forneceram seus nomes. Estima-se que cada uma dessas primeiras edições teve cerca de 300 exemplares, dos quais poucos sobreviveram. Este exemplar das coleções da Biblioteca Estadual de Berlim foi impresso em Nuremberg por Hieronymus Höltzel. Foi descoberto em uma livraria de Londres em 1891 pelo diretor do Kupferstichkabinett Berlin (Museu de Gravuras e Desenhos) e doado à Biblioteca Real pelo Ministério da Educação e Cultura da Prússia.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Hieronymus Höltzel, Nurembergue

Idioma

Título no Idioma Original

Disputatio pro declaratione virtutis indulgentiarum

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

1 fólio

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 11 de maio de 2015