Kobzar

Descrição

Tarás Chevtchenko (1814-1861) foi um artista e escritor ucraniano. Ele é considerado o maior poeta da Ucrânia e o fundador da literatura moderna ucraniana. Ele nasceu em uma família de servos, no povoado de Morentsi, na atual Ucrânia, então parte do Império Russo. Órfão em tenra idade, estudou pintura com artistas locais emblemáticos. Ele aprendeu a ler e a escrever, e se mudou com seu mestre para Vilnius e depois para São Petersburgo, onde foi autorizado a estudar arte. Com a ajuda de homens influentes que reconheceram seu talento, ele ganhou a liberdade em 1838. Começou a escrever poesia, e, em 1840, publicou Kobzar, sua primeira coletânea poética. O título refere-se aos poetas antigos ucranianos que viajavam pelo interior do país cantando poemas épicos, muitas vezes tocando um instrumento de cordas, o kobza. O livro alcançou um lugar de destaque na herança espiritual do povo ucraniano, e o próprio Chevtchenko chegou a ser chamado de “Kobzar.” Na imagem vê-se a modesta primeira edição de 1840, a mais rara das muitas edições e reedições do Kobzar. Uma folha inserida contém um desenho do Kobzar feito por V.I. Sternberg. A coleção contém oito poemas ou baladas: “Dumy, moi Dumy” (Dedicação), “Perebendya,” “Kateryna” (Katerina), “Topolya” (O choupo), “Dumka,” “Do Osnovyanenka” (Para Osnovianenko), “Ivan Pidkova,” e “Tarasova Nich” (A noite de Tarás).

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

E. Fisher, São Petersburgo

Título no Idioma Original

Кобзар

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

114 páginas, 1 placa ilustrada.

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 23 de janeiro de 2012