Gramática bósnia: para o ensino médio. Partes 1 e 2, estudo da voz e da forma

Descrição

A primeira tipografia da Bósnia-Herzegóvina foi fundada em 1519 por Božidar Goraždanin, na cidade de Gorazde, na Bósnia Oriental Dois anos depois, em 1521, o estabelecimento foi fechado e transferido para a Romênia. Posteriormente, um pequeno número de livros escritos na Bósnia-Herzegóvina foi enviado para ser impresso fora do país, em Veneza, Viena, Roma e em outros lugares, mas os livros não eram produzidos no país. Na segunda metade do século XIX, houve um ressurgimento do interesse na impressão e publicação na Bósnia-Herzegóvina. A primeira tipografia começou a funcionar em 1866, em Sarajevo, e foi chamada de Sopronova pečatnja (Editora de Sopron), em homenagem ao seu fundador, Sopron Ignjat (1825-1894), um jornalista e editor de Novi Sad. Mais tarde ela se tornou a Vilajetska štamparija (Tipografia da Província) Os livros eram impressos no alfabeto latino, cirílico, hebraico e árabe. Após a ocupação da Bósnia-Herzegóvina pela Áustria-Hungria em 1878, a Vilajetska štamparija continuou a produzir livros, mas mudou seu nome para Zemaljska štamparija (Tipografia Nacional). A Biblioteca Nacional e Universitária da Bósnia-Herzegóvina preserva uma valiosa coleção dos primeiros livros escolares impressos na Vilajetska štamparija. Na imagem vê-se um dos itens desta coleção, a Gramatika bosanskog jezika za srednje škole (Gramática bósnia: para o ensino médio), que foi publicada em 1890 e impressa nos alfabetos latino e cirílico.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Governo Federal da Bósnia-Herzegovina, Tipografia Nacional, Sarajevo

Título no Idioma Original

Gramatika bosanskoga jezika za srednje škole. Dio 1. i 2., Nauka o glasovima i oblicima

Tipo de Item

Descrição Física

128 páginas; 22 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 28 de outubro de 2014