A viagem de Rihla Battuta

Descrição

Abu Abdullah Muhammad Ibn Battuta, mais conhecido simplesmente como Ibn Battuta (entre 1304 e 1377 d.C., aproximadamente) foi um erudito e viajante muçulmano berbere, que nasceu em Tânger, Marrocos. Ele é considerado um dos maiores viajantes de todos os tempos e é bem conhecido pelas suas viagens e excursões. O título completo do livro de suas viagens é Tuhfat al-anzar fi gharaaib al-amsar wa ajaaib al-asfar (Um presente para aqueles que contemplam as maravilhas das cidades e as maravilhas de viajar), mas é comumente referido como Rihla de Ibn Battuta (rihla significa viagem). Movido pela busca de aventuras e conhecimento, Ibn Battuta embarcou nesta jornada quando tinha apenas 21 anos, com a intenção inicial de fazer uma peregrinação a Meca (hajj). A viagem, no entanto, durou quase 30 anos. Nesse período, cobriu quase toda a extensão do mundo islâmico conhecido e além: do norte da África, África Ocidental, Europa do Sul e Europa Oriental, no oeste, ao Oriente Médio, subcontinente indiano, Ásia Central, sudeste asiático e China no leste, a uma distância muito superior àquela coberta por seus antecessores ou por seu quase contemporâneo, Marco Polo. Quando Ibn Battuta finalmente retornou ao Marrocos no início da década de 1350, ele foi incumbido por Abu Inan Faris, o sultão de Marrocos, de produzir um relato sobre suas viagens. Ibn Battuta ditou, então, suas estórias ao poeta Ibn Juzayy al-Kalbi.

Data de Criação

Informação da Publicação

Tipografia Al-Ihsan

Idioma

Título no Idioma Original

كتاب رحلة ابن بطوطة، المسماة، تحفة النظار في غرائب الأمصار وعجائب الأسفار

Tipo de Item

Descrição Física

577 páginas

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 7 de março de 2014