O início para o estudioso e o fim para o seletivo

Descrição

Muhammad ibn Ahmed ibn Rushd (também conhecido pela versão latinizada do seu nome, Averróis, 1126–1198 d.C.; 520–595 a.H.) foi um polímata muçulmano e um proeminente filósofo da Espanha árabe. Ele nasceu em Córdoba de uma família muito respeitada que era conhecida pelo seu serviço público. Embora mais conhecido no ocidente por seus comentários sobre a filosofia aristotélica, Ibn Rushd escreveu obras sobre uma grande variedade de assuntos, da astronomia à jurisprudência islâmica e à teoria da música. Ele defendeu a razão e a filosofia contra eruditos religiosos depreciativos, tais como Al-Ghazali, argumentando que a religião e a filosofia são conciliáveis e que ambas podem levar à verdade. Ele morreu em Marraqueche, Marrocos. Bidāyat al-Mujtahid wa Nihāyat al-Muqtaṣid (O início para o estudioso e o fim para o seletivo) talvez seja sua obra mais importante no campo da jurisprudência, especialmente na escola Maliki de lei religiosa e de pensamento dentro do islamismo sunita ao qual pertencia.

Data do Assunto

Informação da Publicação

The New Library, Cairo

Idioma

Título no Idioma Original

بداية المجتهد و نهاية المقتصد

Tipo de Item

Descrição Física

402 páginas

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 12 de agosto de 2016