O colar da pomba

Descrição

Abu Muhammad Ali ibn Ahmad ibn Said ibn Hazm (994–1064 d.C.; 384–456 a.H.) foi um poeta andaluz de renome e um erudito religioso de Córdoba. Ele nasceu em uma família eminente e, depois de receber uma educação distinta e abrangente, serviu o califado omíada em seu declínio. Suas atividades políticas o levaram à prisão e ao desterro, e ele escreveu Tawq al-hamamah (O colar da pomba) enquanto estava no exílio, em resposta ao pedido de um amigo. O livro é frequentemente considerado a obra mais detalhada e esclarecedora sobre a natureza do amor e suas causas já escrita no mundo árabe. A obra inclui histórias de amor em prosa e verso e análises das afeições como uma emoção humana. O livro é dividido em 30 capítulos, começando com os “sinais do amor”, que incluem o desejo constante de olhar para o amante, o desejo de conversar com o amante, a pressa em encontrar o amante e as batidas do coração no encontro. Outros capítulos incluem temas como sonhar com o amante, o amor à primeira vista, escrever cartas e enviar um emissário a um amante.

Informação da Publicação

Biblioteca de Arafah, Damasco

Idioma

Título no Idioma Original

طوق الحمامة فى الالفة و الالاف

Lugar

Tipo de Item

Descrição Física

160 páginas; 21 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 12 de agosto de 2016