A Haftará

Descrição

Este códice iluminado e sem data, que provavelmente remonta do século XVIII, consiste em uma Haftará (também chamada de Haftorá), feita com 263 folhas de pergaminho costuradas em uma encadernação de couro. Na tradição judaica, a haftará é a leitura do texto dos profetas feita no sabá, nos festivais e nos dias santos. Este exemplar contém os cinco livros de Moisés (também conhecido como Pentateuco); partes dos livros dos profetas; transcrições de cinco livros curtos da Bíblia hebraica (Cântico dos Cânticos, Rute, Lamentações, Eclesiastes e Ester), que formam um grupo conhecido como Hamesh Megillot (Cinco Rolos); o Livro dos Provérbios; e orações para o dia a dia, para o sabá e para os dias santos (de acordo com as práticas asquenazes). O escriba e provável ilustrador deste manuscrito foi Abraham bar Chizkija ha Lévi. Anteriormente, o manuscrito pertenceu a Samuel Gráf de Csakatorn e a Anton Kohn de Zagreb, que o manteve em seu poder até meados de 1858. Um terceiro dono foi Moisés Issachar, filho de Isaac de Schleining. Ele hoje pertence às coleções da Biblioteca Nacional da Eslováquia.

Última Atualização: 3 de março de 2016