Família de emigrantes formalmente vestida ouvindo um toca-discos (na América do Sul)

Descrição

Durante o período da emigração japonesa para outros países, estabelecimentos diplomáticos japoneses no estrangeiro recomendavam que os imigrantes japoneses adotassem usos e costumes locais, de modo a evitar o atrito com os habitantes locais. Esta fotografia ilustra a assimilação pelos imigrantes japoneses. A emigração japonesa para o Brasil começou em 1908 e alcançou seu pico em 1926-1935. Após a abolição da escravatura no Brasil, em 1888, o governo do Brasil voltou-se para os imigrantes para enfrentar uma escassez de trabalho na indústria do café que ganhava cada vez mais importância. Imigrantes europeus, principalmente italianos, preencheram a lacuna no início, posteriormente completada pela chegada dos imigrantes do Japão, onde a pobreza rural era generalizada e a economia estava lutando para se modernizar e para reabsorver os soldados que estavam retornando após a Guerra Russo-Japonesa (1904-1905).

Última Atualização: 8 de janeiro de 2018