A genealogia de Khoja Ahmed Yasawi

Descrição

Nasab-nama (A genealogia de Khoja Ahmed Yasawi) é considerado o único documento escrito no Cazaquistão confirmando a árvore genealógica de Khoja Ahmed Yasawi (falecido em 1166), filósofo e místico sufi e o primeiro poeta conhecido por escrever em um dialeto turco. o autor foi Ibrakhim ibn Makhmud, o pai de Khoja Ahmed Yasawi e um xeque bem conhecido em Isfijab (atual Sayram, no Cazaquistão), a cidade onde Khoja Ahmed Yasawi nasceu. Khoja Ahmed Yasawi ficou conhecido durante sua vida como uma pessoa santa e pessoas de todas as partes da Ásia Central vinham para reverenciá-lo. Ele passou os últimos anos de sua vida em uma cela subterrânea chamada khalwat. Mais tarde seu túmulo tornou-se uma atração para peregrinos e um Patrimônio Mundial da UNESCO. O manuscrito foi feito em 1099 a.H. (1687-1688 d.C.) na escrita nasta'liq e o nome do último escriba a trabalhar nele, Murād Mullā Tangriberdī ibn Yār Muḥammad Ḥājjī, é citado no final. O verso da folha revela um selo raro, representando folhas de uma planta. No centro do selo encontra-se inscrito o nome, Sultan Ahmed Yasawi, com os nomes de seus 10 alunos em torno dele.

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

نسب نامه

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

95 x 17 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 2 de março de 2012