Saara e Sudão: os resultados de seis anos de viagem pela África

Descrição

Sahǎrâ und Sûdân (Saara e Sudão) é uma relato detalhado da viagem de seis anos através do Saara realizada entre 1869 e 1875 pelo explorador alemão Gustav Nachtigal (1834–1885). Filho de um pastor luterano da vila de Eichstedt na Alta Saxônia, Nachtigal formou-se em medicina e atuou como cirurgião militar em Colônia. Após contrair uma séria doença nos pulmões, em outubro de 1862, ele mudou-se para Bona (atual Annaba), na Argélia, com a esperança de recuperar-se num clima quente e seco. No ano seguinte mudou-se para a Tunísia, onde viveu por alguns anos, praticando medicina e aprendendo o árabe. Quando estava prestes a voltar para a Alemanha, o explorador alemão Gerhard Rohlfs, pediu para que participasse na missão ao reino de Bornu, na parte norte da atual Nigéria, em nome do rei Guilherme I da Prússia. Guilherme queria agradecer ao sultão de Bornu pela gentileza mostrada ao explorador alemão Heinrich Barth (1821-1865). Nachtigal aceitou a tarefa e em fevereiro de 1869 partiu pelo Saara com seis homens e um camelo. O volume I de Sahǎrâ und Sûdân, publicado em 1879, conta a primeira parte da viagem, de Tripoli (atual Líbia), passando por Fezzan no sudoeste da Líbia e pela região de Tibesti (partes dos atuais Chade, Nigéria e Líbia) até Bornu. Nachtigal levava presentes do rei da Prússia ao sultão. O volume II, publicado em 1881, cobre a segunda parte da viagem, de Bornu ao sultanato de Baguirmi (atual Chade) e a Timbuktu (atual Mali). O volume III, publicado em 1889, quatro anos após a morte de Nachtigal, conta a parte final da expedição, de Wadai (agora na parte leste do Chade), através de Darfur (atual Sudão) até o Nilo em Cartum. No total, Nachtigal cobriu quase dez mil quilômetros, passando por partes da África nunca antes visitadas por um europeu. Ele é considerado um dos maiores exploradores europeus do Continente Africano, assim como seu conterrâneo Barth, por sua erudição, pelas obervações meticulosas e pelo esforço em compreender os povos pelos quais passou em sua viagem. Sahǎrâ und Sûdân permanece uma fonte histórica importante da vasta região pela qual Nachtigal viajou.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Weidmann, Berlim

Idioma

Título no Idioma Original

Sahărâ und Sûdân : Ergebnisse sechsjähriger reisen in Afrika

Tipo de Item

Descrição Física

3 volumes: Ilustrações, gravuras, mapas; 24 centímetros

Referências

  1. Daniel B. Baker, editor, "Gustav Nachtigal," in Explorers and Discoverers of the World (Detroit: Gale Research, 1993).
  2. Claus Priesner, “Nachtigal, Gustav,” Neue Deutsche Biographie (Berlin: Duncker & Humblot, 1952–2008).

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 19 de outubro de 2015