Os registros médicos de Shishan

Descrição

Este trabalho, em três juan e com um suplemento em três volumes, foi escrito por Wang Ji (1463-1539), célebre médico e membro de uma família de médicos da dinastia Ming e publicado originalmente em 1520. O manuscrito foi elaborado por seu discípulo, Chen Jiao. Esta edição foi impressa por Chen Jiao no décimo ano do reinado de Jiajing (1531). O prefácio foi escrito por Cheng Zeng e também está datado de 1531. Estão incluídos os dois retratos do autor, inscrições de Li Fan, Wenjie Cheng e Chen Jiao e uma recomendação do autor. Wang Ji (nome de cortesia Shi shan ju shi), um nativo de Qimen, Huizhou, província de Anhui, estudou os ensinamentos de Confúcio em seus primeiros anos e, depois de vencer os exames civis, dedicou-se à medicina. Ele foi o autor de 13 obras, entre elas esta coleção de seus casos. Wang Ji basicamente seguiu os ensinamentos do famoso médico da dinastia Yuan, Zhu Zhenheng (por volta de 1281-1358), como é conhecido de um de seus outros livros, Tui qiu shi yi (, Tui qiu shi yi (Averiguar os significados do mestre). Antigos casos médicos chineses registram o processo e o resultado dos tratamentos. Tais registros médicos podem ser encontrados bem antes na Han Ocidental (206 a 8 d.C.), a primeira de uma coleção de 25 casos de Chun Yuyi (205-150 a.C.). Esses registos podem ser curtos ou longos. Cada registro continha nome, sexo, idade, status social, forma do corpo, causa da doença, sintomas, diagnósticos, prescrição, prognóstico e assim por diante. Esses registros também refletem as relações médico-paciente. Os primeiros casos médicos foram publicados principalmente como apêndices de outros trabalhos. De meados ao final da dinastia Ming, os médicos começaram a publicá-los como obras individuais, criando assim uma nova forma de escrita médica a ser examinada, referenciada e utilizada na educação. Desde então, estes trabalhos se tornaram valiosas fontes históricas. Este trabalho registra não só a experiência clínica, mas também fornece informações sobre várias doenças, especialmente aquelas sofridas pela população masculina, como a sífilis, que era vista como uma crise de saúde na região sul do rio Yangtzé, onde os negócios e o comércio prósperos ajudaram a espalhar a doença.

Data de Criação

Data do Assunto

Informação da Publicação

Chen Jiao, Qimen, Província de Anhui

Idioma

Título no Idioma Original

石山醫案

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

3 juan em 3 volumes

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 8 de março de 2016