Os elementos da geometria

Descrição

Em 1690, o Imperador Kangxi convocou dois missionários franceses, Zhang Cheng (Jean Francois Gerbillon, 1654-1707) e Bai Jin (Joachim Bouvet, 1656-1730), para irem à Pequim a fim de ensinar-lhe matemática. A princípio, os missionários consideraram utilizar a tradução parcial do início do século XVII feita por Matteo Ricci (1552-1610) e Xu Guangqi (1562-1633) da grande obra de Euclides sobre geometria, Elementos, mas eles acharam-na muito complicada. Então eles decidiram traduzir a obra Éléments de géométrie do jesuíta francês Ignace Gaston Pardies (1636–73), que se baseou em Euclides, Arquimedes e Apolônio. Eles deram à sua obra, de sete juans, o mesmo título chinês, Ji he yuan ben (Os elementos da geometria), que Ricci e Xu tinham dado à sua tradução de Euclides. Esse exemplar bastante raro é manuscrito. Há correções à tinta e inúmeras tiras de papel com correções coladas nas páginas e algumas notas editoriais dos tradutores, em uma das quais se lê: “Zhang Cheng deseja corrigir”. A obra foi apresentada ao imperador Kangxi, que acrescentou comentários próprios nas margens superiores. A Biblioteca Nacional Central de Taiwan possui mais uma edição desta obra, na qual o prefácio observa que a obra de Ricci era gramaticalmente confusa e difícil de entender, o que explica por que essa tradução foi feita. O texto desta outra edição é o mesmo daquele traduzido por Zhang Cheng Jin e por Bai, exceto que ele incorpora as correções anteriores. Ambos os exemplares pertenceram anteriormente aos colecionadores de livros Mo Tang (1865-1929) e Yinjia Wang (1892-1949).

Data de Criação

Data do Assunto

Idioma

Título no Idioma Original

幾何原本

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

7 juan em 6 volumes: ilustrações

Observações

  • Cópia de manuscrito

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 24 de maio de 2017