Liturgia de João Crisóstomo

Descrição

Este manuscrito do século XVIII contém a liturgia de João Crisóstomo, um dos patriarcas ecumênicos e arcebispo de Constantinopla, que viveu por volta de 347-407. Indicações do sacerdote e do diácono estão em árabe, enquanto que a parte lida em voz alta é apresentada em colunas paralelas de grego e siríaco. A escrita siríaca é da variedade conhecida como melquita, que é muito mais angular do que a escrita encontrada mais comumente no script serta. A página de título decorativo possui escrita ornamentada em preto, vermelho, azul e dourado. Em todo o manuscrito, a tinta preta sangrou bastante, o ácido da tinta apagou algumas letras e palavras e há danos causados por traças ao longo das bordas exteriores e interiores. A capa está faltando. O manuscrito pertence à biblioteca do Mosteiro de Nossa Senhora de Balamand, um mosteiro ortodoxo de Antíoco localizado em um platô a cerca de oito quilômetros ao sul de Trípoli, no atual Líbano. Fundado em 1157 como uma abadia da Ordem de Cister francesa, Nossa Senhora de Balamand deriva seu nome de bel mont (bela montanha). Em 1604, o mosteiro ficou sob a autoridade dos monges ortodoxos locais.

Última Atualização: 3 de outubro de 2014