Livro de teologia

Descrição

Shem’un al-Turani nasceu em 1670, próximo a Tur Abdin, na atual Turquia. Ele estudou em Tur Abdin e tornou-se um monge aos vinte anos. Ele foi nomeado mafriano (historicamente, prelado ao segundo patriarca na hierarquia da igreja ortodoxo-siríaca) em 1710 e adotou o nome Basileios. O mafriano Basileios Shem’un foi martirizado em 1740. Ele escreveu em verso e prosa, e seus trabalhos são considerados importantes tanto por ele ter sido um dos mais aclamados escritores siríacos quanto por apenas muito pouca literatura siríaca do período otomano ter sido publicada. Seu Kitāb al-ṯe’ōlōġiyyā (Livro de teologia) é dividido em 12 capítulos, cada um destes em dez seções. O livro foi escrito em siríaco e logo depois traduzido para garshuni (este termo, que significa escrita árabe em siríaco, em vez de "árabe", é usado especificamente nos manuscritos da obra). A tradução foi feita por Athanasius Aslan, bispo de Amid (atual Diyarbakir, Turquia), e um estudante do mafriano Basileios Shem’un. Esta cópia é uma dos dois primeiríssimos manuscritos da versão garshuni.

Data de Criação

Data do Assunto

Título no Idioma Original

ܟܬܐܒ ܐܠܬܐܘܠܘܓܝܐ

Outras Palavras-Chave

Tipo de Item

Descrição Física

232 páginas, 21,5 x 16 centímetros

Estrutura Internacional para a Interoperabilidade de Imagens (IIIF) Ajuda

Última Atualização: 4 de janeiro de 2016