Ghazals de Amir Khusraw Dihlavi

Descrição

Este fragmento caligráfico inclui diversos ghazals (poemas líricos) compostos pelo poeta persa Amīr Khusraw Dihlavī (aproximadamente 1253–1325), cujo pseudônimo ou assinatura "Khusraw" aparece no topo da coluna central de versos diagonais. Os ghazals são executados em escrita Nasta'liq com tinta preta em três colunas, com os versos aparecendo em um papel bege e emoldurados por faixas de nuvens sobre um plano de fundo pintado em dourado. Diversos painéis triangulares preenchem os espaços restantes na intersecção dos versos diagonais e da moldura retangular. Esses painéis incluem inscrições que especificam que a parte restante do poema continua para além da separação formal (espacial). Em outros casos, como no topo da coluna central de texto, um ghazal diferente é introduzido por uma inscrição em tinta vermelha. A inscrição diz: "dele também" e pede a Deus perdão pelos pecados de Amīr Khusraw. No canto inferior esquerdo da coluna à extrema direita, aparece a assinatura do artista, onde se lê: mashaqahu al-'abd (escrito pelo servo) Sultão 'Ali Mashhadi. O Sultão 'Ali Mashhadi (que prosperou aproximadamente entre 1453 e 1519) exerceu sua atividade na corte do último governante timúrida, o Sultão Ḥusayn Bāyqarā (que reinou entre 1470 e 1506) em Herāt (atualmente, no Afeganistão), onde foi contemporâneo do famoso pintor Bihzād (falecido em aproximadamente 1535) e do poeta prolífico Jāmī (1414 – 1492). Ele foi responsável por copiar diversos manuscritos reais e por compor inscrições para construções reais. Um mestre da escrita Nasta'liq, ele também compôs um tratado sobre as regras da escrita, as qualidades morais dos calígrafos, como fazer tinta e papel e como usar a pena de junco e outros implementos de escrita. O texto é emoldurado por uma ampla borda pintada em dourado e colado em uma folha de papel marmorizado branco, azul e vermelho. Embora o texto original tenha sido executado aproximadamente em 1500 em Herat, foi colado no papel marmorizado posteriormente.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016