Carta de um amigo

Descrição

Este fragmento caligráfico consiste de uma carta escrita por um homem ao seu amigo. Na parte superior, a carta é iniciada por quatro bayts (versos) de um ghazal (poema lírico), que aconselha os homens a serem bons e não se envolverem em siyah kar (más ações). Estas linhas estão escritas com letras menores na diagonal e divididas em quatro colunas. A carta então prossegue na horizontal. O correspondente se desculpa pelo longo tempo que ficou sem escrever. No meio da carta, ele também inclui versos do Shāhnāmah de Firdawsi, que apresentam uma característica escatológica. Eles promovem o temor de Deus e o Dia do Juízo. O texto foi produzido com escrita shikastah-nasta‘liq pequena na cor preta num pedaço de papel pintado de castanho-claro, que ficou muito parecido com papiro, casca de árvore ou bambu. O painel de texto foi colado diretamente numa folha de papel roxa e firmado por trás com papelão. Embora a carta não apresente assinatura ou data, ela parece ter sido escrita na Pérsia (Irã) durante os séculos XVII e XVIII.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016