Orações pelo Nawruz (Ano Novo)

Descrição

Este painel caligráfico foi escrito em caligrafia naskh (indiana) preta num papel cor-de-rosa decorado com motivos de nuvem dourados, colado num fundo azul-claro que serve como suporte. Em seu canto inferior esquerdo a obra traz a assinatura de Muhammad Bakhsh, e data de 1211 A.H. (1796 ou 1797). No canto superior direito, uma invocação a ‘Ali, Ya ʻAli al-aʻala (Oh, ‘Ali, o Maior), revela que a obra foi produzida num ambiente xiita. O rubaʻi (quarteto pentâmetro iâmbico) que aparece em seguida diz: “Oh, Estrela da Constelação do Destino (dotado) com boa sorte / Levanta-te e alegra-te porque o Ano Novo chegou. / Cada promessa que a Fortuna te fez / agora está próxima, se é que (já) esteve longe”. Este poema deseja a um governante (apelidado de “Estrela da Constelação do Destino”) eterna boa sorte e o cumprimento das promessas na ocasião do Nawruz (Ano Novo). É bem provável que este Nawruz seja o equinócio de primavera (21 de março), que marca o início do calendário solar, conforme celebrado no Irã e em partes da Índia. Parece que este painel caligráfico foi escrito em tal ocasião para celebrar o Ano Novo e desejar a um cliente prosperidade no ano seguinte.

Última Atualização: 30 de setembro de 2016