Painel de iluminura, versos do Alcorão

Descrição

Este painel de iluminura marca o início da 20ª juz' (parte) do Alcorão, no verso 56 do capítulo 27, intitulado Sura al-Naml (As formigas). Os versos 56 a 60 da sura aparecem no verso do fólio e, também, em outro fragmento do mesmo Alcorão, presente nas coleções da Biblioteca do Congresso. Naquele fragmento, o texto continua com os versos 57 a 60. Juntos, os dois fólios formam o início da 20ª juz' (parte) do Alcorão, demarcada por um painel de iluminura no anverso do fólio. A Sura al-Naml descreve as maravilhas do mundo espiritual. As histórias de vários profetas, como Moisés, Salomão, Saleh e Lut (Ló), são apresentadas, a fim de distinguir a verdadeira da falsa adoração e destacar os milagres da graça e da revelação de Deus. Na história de Ló, os luxuriosos, incluindo sua esposa, sofrem a punição de Deus, conforme se narra em 27:57: “Mas Nós o salvamos (Ló) e a sua família, / Com exceção da esposa: a ela Nós destinamos estar entre os abandonados”. O painel da iluminura segue um tipo padrão encontrado em Alcorões horizontais feitos de pergaminho durante o século IX. O painel está dividido em três registros na horizontal. O registro externo inclui vinhas entrelaçadas decoradas com pontos; o do meio consiste em um quadrado e painéis estriados retangulares com linhas douradas; o painel interno está salpicado com um campo de linhas diagonais composto de pequenos pontos dourados e azuis. Um florão decorativo dourado se projeta sobre a margem esquerda, servindo como indicador visual do início da juz'.

Última Atualização: 6 de abril de 2015